O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando necessário.
  • o RESUMO e sua VERSÃO EM LÍNGUA ESTRANGEIRA contêm entre 150 e 200 palavras.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na seção Sobre a Revista.
  • A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opção Propriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo da revista, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos), conforme instruções disponíveis em Assegurando a Avaliação Cega por Pares.
  • Para submissão de artigos das seções "dossiê", "temática livre" e "ética e educação", exige-se a titulação mínima de mestrado. As demais seções estão abertas também para graduandos e mestrandos.

Diretrizes para Autores

DIRETRIZES PARA AUTORES

Modalidades de trabalhos aceitos

A revista aceitará textos inéditos, de até dois autores, em português, espanhol, francês, inglês e italiano, que devem corresponder às seguintes categorias:

  • artigos, compreendendo estudos teóricos com o mínimo de 12 e o máximo de 20 páginas (titulação mínima exigida: MESTRADO);
  • resenhas de publicações nacionais ou estrangeiras, bem como de teses e dissertações, com o mínimo de 3 e o máximo de 6 páginas;
  • comunicações, abertas a pesquisadores em geral, apresentadas em eventos acadêmico-científicos da área, de 6 a 10 páginas.
  • Traduções para o português de textos significativos de cunho filosófico, clássicos ou contemporâneos. 
  • Entrevistas no âmbito da filosofia com autores de destaque no cenário filosófico. 

Instruções para publicação de trabalhos

Os trabalhos devem ser enviados exclusivamente para o site da revista na seção Submissões online:

http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/about/submissions#onlineSubmissions

1) ARTIGOS – dossiê e temática livre

  • Os textos (também de outras modalidades) devem ser digitados em formato Word, fonte Times New Roman, tamanho 12 (exceto para notas de rodapé e citação longa recuada, fonte 10);
  • espaçamento 1,5 (um e meio, exceto para citações longas, cujo espaço é simples) entre as linhas e parágrafos, configuração da página com formatação de 3,0 cm para a margem superior e 2,0 cm para a inferior; 3 cm para a margem esquerda e 2,0 cm para a direita, em papel A4 (210 x 297 mm), justificados orientação “retrato”. 
  • Páginas numeradas, incluindo a do título, no canto inferior direito. O recurso nota de rodapé do Word só deverá ser utilizado em casos relevantes que não caibam na sequência lógica do texto; 
  • todas as citações diretas inseridas no texto deverão ser acompanhadas da chamada de referência (AUTOR, data e número da página) da obra de onde foram extraídas. Por exemplo: (HORKHEIMER, 1988, p. 326). 
  • As referências bibliográficas completas deverão ser listadas no final do texto na seção Referências. 
  • Não numerar a Introdução e a Conclusão. Para as demais seções, utilizar números arábicos.

a) Título e subtítulo (se houver): na primeira linha da primeira página, a esquerda, negrito, fonte Times New Roman, corpo 14, tudo em caixa alta.

b) Indicação de autoria: duas linhas abaixo do título, alinhado à direita, somente iniciais maiúsculas, seguido de nota de rodapé indicando titulação e instituição, assim como o e-mail para contato.

c) Resumo: resumo em Português e em mais uma língua (Inglês, Espanhol, Francês ou Italiano). Texto de 150 a 200 palavras, com 5 palavras-chave, fonte Times, corpo 12, alinhamento justificado, entrelinha simples, três linhas abaixo do nome do autor. O termo RESUMO deve estar em caixa alta e sem negrito.

d) Palavras-chave: devem ser situadas duas linhas abaixo do Resumo. Colocar o título “PALAVRAS-CHAVE” em caixa alta, sem negrito. As palavras-chave devem ser separadas entre si por ponto e finalizadas também por ponto.

ORIENTAÇÕES PARA TODOS OS TEXTOS 

e) Citações diretas curtas: (de até três linhas) devem integrar o corpo do texto, ser assinaladas entre aspas e seguidas da indicação da chamada bibliográfica - sobrenome do autor, data da publicação e página, entre parêntesis: (SARTRE, 1988, p. 49). Obs: havendo duas ou mais obras citadas do mesmo autor e ano, indicar, após a data, a letra “a” para a primeira e a letra “b” para a segunda citação, e assim sucessivamente. Ex.: (MARX, 1964a, p. 81) – (MARX, 1964b, p. 112). Deve-se repetir a norma em toda nota, mesmo para referência já utilizada; não utilizar ‘idem’ ou similares.

Para as citações cujo texto foi traduzido pelo autor do artigo deve-se incluir, ao final da chamada da citação, a expressão ‘tradução nossa’ dentro dos parêntesis.

f) Citações longas: (mais de três linhas) devem constituir um parágrafo independente, recuado a 4 cm da margem esquerda, com letra tamanho 10, espaço simples e sem aspas, acompanhadas da chamada bibliográfica: sobrenome do autor em caixa alta, data da publicação e página, entre parêntesis.

g) Citação de fonte secundária – citação de citação (quando inevitável): no corpo do texto, citar os autores dos dois textos, data e página do autor consultado. Ex.: (ANDERSEN apud MARX, 1968, p. 23). Se no corpo do texto: Andersen citado por Marx (1968, p. 23).

Para as citações indiretas (livres) a informação da página é opcional: (SARTRE, 1988).

h) As notas explicativas devem ser inseridas no rodapé; não devem ser utilizadas para referência de obras.

 i) Referências

As referências bibliográficas devem aparecer no final do artigo, em ordem alfabética de sobrenome. A lista de referências deve seguir o modelo dos exemplos abaixo:

Livros

SOBRENOME DO AUTOR, Prenome sem abreviatura. Título do livro (em negrito): subtítulo, se houver (sem negrito). Nome do tradutor, se houver. Número da edição (a partir da segunda), Local de publicação, Editora, ano de publicação.

KANT, Immanuel. Prolégomènes a toute métaphysique future: qui pourra se présenter comme science. Paris: Librairie Philosophique J. Vrin, 1930. (Bibliothèque des textes philosophiques).

VERNANT, Jean-Pierre. As origens do pensamento grego. Tradução Ísis Borges B. da Fonseca. 21. ed. Rio de Janeiro: Difel, 2013.

FREGE, Gottlob. Lógica e filosofia da linguagem. Seleção, introdução, tradução e notas Paulo Alcoforado. 2. ed. ampl. e rev. São Paulo: Edusp, 2009.

Parte de obra: SOBRENOME DO AUTOR DA PARTE (ou capítulo). Prenome sem abreviatura. Título da parte (subtítulo, se houver, antecedido de dois pontos). In: SOBRENOME DO AUTOR DO LIVRO, Prenome sem abreviatura. Título do livro (em negrito): subtítulo, se houver. Nome do tradutor, se houver. Número da edição (a partir da segunda), Local de publicação, Editora, ano de publicação. Páginas inicial e final da parte (obrigatório).

FREGE, Gottlob. Sobre o sentido e a referência. In: FREGE, Gottlob. Lógica e filosofia da linguagem. Seleção, introdução, tradução e notas Paulo Alcoforado. 2. ed. ampl. e rev. São Paulo: Edusp, 2009. p. 129-158.

Artigos de periódicos

Autor único:

PINTO, Paulo R. Margutti. Aspectos do problema da causalidade em Kant. Síntese: revista de filosofia, Belo Horizonte, n. 87, p.17-32, jan. 2000.

MARQUES, Bonifácio. Filosofia e cultura. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, v. 2, n. 6, p. 10-21, out.-dez., 2001.

RODRIGUES, Carla. Antígona: lei do singular, lei no singular. Sapere Aude.

v. 3, n. 5, 2012. Disponível em: <http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/view/3500>. Acesso em: 23/08/2012.

Mais de um autor:

KLOTZ, Christian; NOUR, Soraya. Dieter Henrich, leitor de Kant: sobre o fato legitimador na dedução transcendental das categorias. Kriterion: revista de filosofia, Belo Horizonte, n. 115, p.145-165, jan. 2007.

Trabalhos acadêmicos (teses e dissertações): SOBRENOME DO AUTOR, Prenome sem abreviatura. Título (em negrito): subtítulo (se houver). Ano de publicação. Tipo de documento (Titulação) – Instituição de Ensino, Local da Instituição, ano da defesa ou da apresentação.

MATOS, Ismar Dias de. Uma descrição do humano no Leviathan. 2002. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da UFMG, Belo Horizonte, 2002.

j) Abreviações:

As abreviações, em sua primeira aparição, devem indicar a que nome, por extenso, correspondem no texto. Em seguida, não se deve repetir o nome por extenso. Exemplo: Crítica da razão pura (CRP).

2) RESENHAS

O texto das resenhas deve ser antecedido da referência bibliográfica completa da obra resenhada. As resenhas de dissertações e teses devem conter: título; nome do autor (incluindo em nota de rodapé sua titulação e filiação institucional, assim como endereço e e-mail para contato).

Para resenhas não se pede o resumo do texto nem as palavras-chave.

3) COMUNICAÇÕES

A seção “Comunicações” é um espaço para reflexões temáticas, relatos sobre pesquisas em andamento, textos breves apresentados em eventos, entrevistas e demais trabalhos que não se enquadram em outras seções (textos de 06 a 08 páginas). Devem apresentar resumo (de 150 a 200 palavras, com 5 palavras-chave, fonte Times, corpo 12, alinhamento justificado, entrelinha simples, três linhas abaixo do nome do autor).

APRECIAÇÃO PELO CONSELHO EDITORIAL

  • Os trabalhos apresentados serão avaliados pela Comissão Editorial, que os encaminhará a consultores ad hoc, a seu critério.
  • A Comissão reserva-se o direito de apontar possíveis correções nos trabalhos recebidos, devolvendo-os aos autores para sua devida adequação às normas da revista; e de efetuar pequenas alterações que não afetem o conteúdo do texto, sem comunicação.
  • Os autores serão notificados da aceitação ou recusa de seus artigos. 
  • Os originais, mesmo quando não aproveitados, não serão devolvidos. 
  • Em caso de aceitação com indicação de alterações, os trabalhos deverão ser revistos pelos autores e devolvidos para nova avaliação em um prazo de 20 dias.

As submissões em desacordo com as normas serão devolvidas aos autores.

EDITORIAL/EDITORIAL

O editorial discute de forma original o âmbito filosófico, a abrangência, importância e aplicações do dossiê de cada volume da revista.   

ARTIGOS/ARTICLES: DOSSIÊ/DOSSIER

Os artigos do dossiê, sempre de cunho filosófico, discutem temas previamente escolhidos e que identificam o assunto central da revista em cada semestre. 

ARTIGOS/ARTICLES: ÉTICA E EDUCAÇÃO/ETHICS AND EDUCATION

Contemplar a pesquisa na área de ensino e educação com interface na ética. Para submissão nessa seção é necessária a titulação mínima de mestre.

ARTIGOS/ARTICLES: TEMÁTICA LIVRE/FREE SUBJECT

Aém dos artigos do dossiê, que obedecem a temas previstos e que intitulam o volume, há a seção de artigos de temática livre (para submissão de artigos do dossiê e temática livre é necessário a titulação mínima de mestre).

ARTIGOS TRADUZIDOS/TRANSLATED ARTICLES

Seção dedicada a traduções para o português de artigos filosóficos não traduzidos

COMUNICAÇÕES/COMUNICATIONS

Informações sobre trabalhos apresentados em congressos e afins com temática livre. Seção aberta também para alunos de graduação e mestrandos.

RESENHAS/REVIEWS

Resenhas de publicações ou traduções clássicas no período de três anos. Seção aberta também para alunos de graduação e mestrandos.

DISSERTAÇÕES E TESES/DISSERTATIONS AND THESES

Divulgar dissertações e teses no âmbito filosófico apresentadas em instituições diversas para obtenção do título de mestre e/ou doutor.

ENSAIOS/ESSAYS

A seção recepciona Ensaios filosóficos de autores já renomados no universo acadêmico e que muito contribuem com seus textos originais para a exposição de reflexão do conhecimento histórico da Filosofia.