A FILOSOFIA EM PROL DA RELIGIÃO: O MOVIMENTO ESCOLÁSTICO NA IDADE MÉDIA CENTRAL (XI-XIII)

  • Pablo Gatt Universidade Federal do Espírito Santo
Palavras-chave: Escolástica. Método. Tomás de Aquino. Universidades. Filosofia.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo investigar o surgimento do movimento filosófico denominado de Escolástica no contexto cultural e educacional da Idade Média Central, entre os séculos XI e XIII. Nesse sentido, discutiremos como o advento das universidades medievais estiveram atreladas ao desenvolvimento do método Escolástico como pensamento filosófico. Em seguida debateremos como esse modo de pensar e modelo de estudo foi legitimado pelas universidades religiosas para o estudo dos livros dos Pais Latinos, os textos canônicos, das Sagradas Escrituras e das Sentenças de Pedro Lombardo, sendo essas obras verdadeiros instrumentos de trabalho, na medida em que partir desse método obras teológicas e filosóficas foram escritas, como a Summa Theologiae (1273), de Tomás de Aquino. Por fim, analisaremos como esse movimento foi contestado e contrariado internamente, visto que dentro das universidades os representantes das ordens religiosas dos Franciscanos e dos Dominicanos, os mestres eclesiásticos, realizavam refutações aos métodos adotados pela prática filosófica de pensamento Escolástica.

Publicado
22-12-2020
Como Citar
Gatt, P. (2020). A FILOSOFIA EM PROL DA RELIGIÃO: O MOVIMENTO ESCOLÁSTICO NA IDADE MÉDIA CENTRAL (XI-XIII). Sapere Aude, 11(22), 417-433. https://doi.org/10.5752/P.2177-6342.2020v11n22p417-433
Seção
ARTIGOS/ARTICLES: DOSSIÊ/DOSSIER