Análise de Jacques Derrida acerca da relação entre humano e não humano a partir da modernidade.

  • Marco Aurélio do Nascimento Alves Pontifícia Universidade de Minas Gerais.
Palavras-chave: Alteridade, Modernidade, Domínio.

Resumo

A presente comunicação é resultado do projeto de pesquisa, FIP-2013/8364-S2, e será apresentada no 27º Congresso Internacional Sociedade de Teologia e Ciências da Religião – SOTER – a se realizar entre os dias 15 a 18 de julho de 2014, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Pretendemos analisar as possibilidades de debate acerca da relação com o não humano a partir das reflexões desenvolvidas por Jacques Derrida, compreender como o autor interpretou a constituição e o progresso da relação de domínio e violência por parte do homem sobre os demais viventes não humanos e identificar se ele consegue se desvencilhar dos paradigmas da filosofia do sujeito. O filósofo francês procura apontar, em sua leitura da filosofia ocidental, aquilo que fora valorizado e em nome de quê, ao mesmo tempo em que trás à tona os aspectos que foram dissimulados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Aurélio do Nascimento Alves, Pontifícia Universidade de Minas Gerais.
Aluno do 5º período de filosofia do IFTDJ, Instituto de Ciências Humanas - PUC-Minas.

Referências

ARAÚJO, Inês Lacerda. A teoria da ação comunicativa em J. Habermas: a crítica à pós- modernidade. In: ARAÚJO, Inês Lacerda. A teoria da ação comunicativa de J. Habermas. Palma de Mallorca. Ediciones de La Fundació Càtedra Iberoamericana, [20--], p.60-78. Disponível em: http://fci.uib.es/Servicios/libros/veracruz/ines/ Acesso em: 06 jan. 2014.

DERRIDA, Jacques. A escritura e a diferença; 3ª Ed. São Paulo: Ed. Perspectiva. 2002. Tradução: Maria Beatriz Marques Nizza da Silva, 249 p. Coleção Debates.

__________; ROUDINESCO, Elisabeth. De que amanhã: diálogo: Violências contra os animais. In: DERRIDA, Jacques; ROUDINESCO, Elisabeth. De que amanhã: diálogo.

Tradução André Telles, revisão técnica Antônio Carlos dos Santos. – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2004, p.80-96.

__________. Gramatologia; 2ª ed. São Paulo: Perspectiva. 2008. Tradução: Miriam Chnaiderman e Renato Janine Ribeiro, 382 p.

__________. O animal que logo sou (A seguir); São Paulo: Editora UNESP, 2002. Tradução: Fábio Landa, 92 p.

FERREIRA, Kelly Cristini Rocha da Silva. A condição animal na filosofia de Jacques Derrida. 2007. 105f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=126448 Acesso em: 02 jan. 2014.

HABERMAS, Jürgen. O discurso filosófico da modernidade: exacerbação da filosofia temporalizada da origem: a crítica de Derrida ao fonocentrismo. In: HABERMAS, Jürgen. O discurso filosófico da modernidade. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1998, p.157-199.

PAIXÃO, Rita Leal. Experimentação Animal: razões e emoções para uma ética. 2001. 150f. Tese (Doutorado) – Fundação Osvaldo Cruz do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Disponível em: http://portalteses.icict.fiocruz.br/pdf/FIOCRUZ/2001/paixaorld/capa.pdf. Acesso em: 22 dez. 2013.

__________. Sob o olhar do outro. Derrida e o discurso da ética animal. Sapere Aude, Belo Horizonte, v.4 – n.7, p.272-283; 1º sem. 2013. Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/view/5507 Acesso em: 10 set. 2013.

ROCHA, Ethel Menezes. Animais, homens e sensações segundo Descartes. Kriterion: Revista de Filosofia, Belo Horizonte, n.110, p.350-364, jul./dez. 2004. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/kr/v45n110/v45n110a08.pdf. Acesso em: 25 jan. 2014.

SANTIAGO, Silviano. Glossário de Derrida. Trabalho realizado pelo departamento de Letras da PUC/RJ. Rio de Janeiro, F. Alves, 1976, 104 p.

Publicado
18-06-2014
Como Citar
Nascimento Alves, M. A. do. (2014). Análise de Jacques Derrida acerca da relação entre humano e não humano a partir da modernidade. Sapere Aude, 5(9), 441-452. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/view/6995
Seção
COMUNICAÇÕES/COMUNICATIONS