O Outro a partir da corporeidade: a importância do corpo na situação da mulher em O Segundo Sexo de Simone de Beauvoir

  • Juliana Oliva Universidade São Judas Tadeu (USJT)

Resumo

A proposta deste artigo é analisar a importância do corpo, como organismo ou como corpo situado, para Simone de Beauvoir em O Segundo Sexo (1949), obra na qual a autora busca compreender e questionar a situação da mulher enquanto Outro. Fixada como um objeto na sociedade, ela é destinada à imanência desde a sua formação, em relação ao homem, Sujeito absoluto direcionado a transcender a sua condição desde a infância. Com o intuito de associar a ação do olhar alheio e das instituições ao corpo vivido de cada mulher por meio de uma essência feminina, de uma ideia de Mulher socialmente construída, este artigo tem como base os dois volumes de O Segundo Sexo, “Fatos e Mitos”, a respeito do conhecimento produzido pelos homens sobre as mulheres, e “A experiência vivida”, relatos, trechos de diários e cartas de mulheres sobre a experiência concreta. A relação erótica entre homem e mulher também é de grande importância neste trabalho, quando realizada na autenticidade, em condições em que homem e mulher assumem a ambiguidade de sujeito e de outro da própria existência, esta é apontada por Beauvoir como possibilidade para que haja reciprocidade na relação homem-mulher em outros âmbitos, o que, junto com mudanças na sociedade, permitiria que a mulher deixasse a categoria de Outro.

The proposal of this paper is to analyze the importance of the body, as an organism or as a situated body, to Simone de Beauvoir in The Second Sex (1949), work in which the author is in the search for the comprehension of the woman situation, which she also questions, as the Other. Fixed as an object in society, she is destined for immanence since her formation, in relation to man, absolute Subject directed to transcend his condition since childhood. In order to associate the other’s look action and the institutions action to each woman’s lived body through a feminine essence, through a socially constructed idea of Women, this paper is founded on both The Second Sex volumes, “Facts and Myths”, about the knowledge produced by men about women, and “Lived experience”, women’s narratives, passages from journals and letters about their concrete experience. The erotic relationship between man and woman is one of great importance as well in this work, this relationship, when accomplished in authenticity, in conditions in which man and woman take the subject/other ambiguity of their own existence, is pointed out by Beauvoir as a possibility for there to be reciprocity in the man-woman relationship within other scopes, which, with society changes, would allow woman to leave the Other category.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Oliva, Universidade São Judas Tadeu (USJT)
Mestranda no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia da Universidade São Judas Tadeu (USJT) e bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Referências

ANDREW, B.S. “Beauvoir’s Place in Philosophical Thought”. In: CARD, C. (editor) The Cambridge Companion to Simone de Beauvoir. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

ARP, K. “Beauvoir’s Concept of Bodily Alienation”. In: SIMONS, M. A (Ed.). Feminist Interpretations of Simone de Beauvoir. United States of America: Pennsylvania State University Press, 1995.

BAUER, N. Simone de Beauvoir, Philosophy & Feminism. New York: Columbia University Press, 2001.

BEAUVOIR, S. Por uma moral da ambigüidade. Tradução Marcelo Jacques de Moraes. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2005.

BEAUVOIR, S O Segundo Sexo. Trad. Sérgio Milliet. 2. ed. Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 2009. 2v.

BERGOFFEN, D. “Out from Under: Beauvoir’s Philosophy of the Erotic”. In: SIMONS, M.A. (Ed.) Feminist Interpretations of Simone de Beauvoir. United States of America: Pennsylvania State University Press, 1995.

GOTHLIN, E. “Reading Simone de Beauvoir with Martin Heidegger”. In: CARD, C. (editor) The Cambridge Companion to Simone de Beauvoir. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

OLIVA, J. Identidade e reciprocidade em O Segundo Sexo de Simone de Beauvoir. São Paulo. 2013. 171p. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Filosofia da Universidade São Judas Tadeu – USJT, São Paulo. 2013.

SÁENZ, M.C.L. “Merleau-Ponty (1908-1961) y Simone de Beauvoir (1908-1986). El cuerpo fenoménico desde el feminismo”. In: Sapere Aude v.3 - n.6, pp.57-72. PUCMG: Belo Horizonte, 2º sem. 2012.

VINTGES, K. “The Second Sex and Philosophy”. In: SIMONS, M. A (Ed.). Feminist Interpretations of Simone de Beauvoir. United States of America: Pennsylvania State University Press, 1995.

Publicado
04-06-2014
Como Citar
Oliva, J. (2014). O Outro a partir da corporeidade: a importância do corpo na situação da mulher em O Segundo Sexo de Simone de Beauvoir. Sapere Aude, 5(9), 267-286. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/SapereAude/article/view/7559
Seção
ARTIGOS/ARTICLES: DOSSIÊ/DOSSIER