Aplicação de Técnicas de Inteligência Analítica em Repositórios de Software

Bruno Rafael de Oliveira Rodrigues, Fernando Silva Parreiras

Resumo


A inteligência analítica na Engenharia de Software permite analisar os dados contidos nos diversos repositórios com a finalidade de apresentar decisões fundamentadas aos engenheiros de software. Com a intenção de promover a utilização da inteligência analítica na Engenharia de Software, este artigo responde a questão: é possível utilizar a inteligência analítica para descobrir quais arquivos de código fonte do sistema têm sido alterados e quais os motivos de suas alterações? Por meio das técnicas de modelo de tópicos e regra de associação, foi realizado um estudo com o repositório de código fonte de um sistema de software livre, o Jenkins, e desenvolvido um protótipo de um sistema a partir dessas técnicas. Com o auxilio de um grupo focal formado por profissionais da área de desenvolvimento de sistemas, foi possível avaliar o protótipo desenvolvido. Apura-se que o método apresentado, neste trabalho, permite identificar quais arquivos do sistema estão sendo alterados e a justificativa para essa modificação, facilitando o mapeamento dos arquivos do sistema por assunto, o planejamento de refatorações, builds e o entendimento da estabilidade e evolução do software.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2316-9451.2018v6n2p36-54

Indexadores e Repositórios/Banco de dados: