ANÁLISE DE CONTEÚDO: HERMENÊUTICA NA EDUCAÇÃO

  • Karina Augusta Limonta Vieira Universidade Livre de Berlim (F.U.B.), Berlim, Alemanha e Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), Passos – MG
Palavras-chave: Análise de Conteúdo. Hermenêutica. Educação. Método

Resumo

A análise de conteúdo hermenêutica é um mixed methods que alia os princípios da hermenêutica e da análise de conteúdo qualitativa. Esse artigo tem como objetivo apresentar a sua importância e como foi utilizado na área da educação. Para alcançar o objetivo, esse artigo pretende responder três questões: Em que constitui a análise de conteúdo hermenêutica? Qual a importância desse método para a educação? Como utilizar esse método na educação? Esse artigo tem como base teórica a análise de conteúdo hermenêutica como mixed methods. Para ilustrar esse método, são analisados artigos publicados no Brasil em antropologia da educação, cuja análise apresenta a área da educação conectada com a antropologia e com pesquisas empíricas em escolas. Os resultados mostram que a área da educação é determinada por princípios teóricos, metódicos e formativos da antropologia. A conclusão apresenta a necessidade de um método para a crítica e reflexão da educação.
.

Biografia do Autor

Karina Augusta Limonta Vieira, Universidade Livre de Berlim (F.U.B.), Berlim, Alemanha e Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), Passos – MG
Doutora em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), Araraquara. Docente da
Universidade Livre de Berlim (F.U.B.), Berlim, Alemanha e Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg),
Passos – MG

Referências

ANDRÉ, Marli. O que dizem as pesquisas sobre a sala de aula do 1º grau? Fórum Educacional, n. 4, p. 83-91, out./dez, 1978.

BERGMAN, Manfred Max. Hermeneutic content analysis. Textual and audiovisual analysis within a mixed methods framework. In: TASHAKKORI, Abbas; TEDDLIE,

Charles. Handbook of mixed methods in social & behavioral research. London: Sage Publications, 2010. p. 379 – 396.

BODGAN, Robert; BIKLEN, Sari Knopp. Qualitative research for education. Boston: Allyn e Bacon, 1982.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Sobre teias e tramas de aprender e ensinar: anotações a respeito de uma antropologia da educação. Inter-ação, v. 27, n. 2, p. 1-54, maio/ago. 2002.

COHEN, Louis; MANION, Lawrence; MORRISON, Keith. Coding and content analysis. In: Research methods in education. 7. ed. London and New York: Routledge Taylor&Francis Group, 2011. p. 559-573.

DANNER, Helmut. Hermeneutik. In: DANNER, Helmut. Methodengeisteswissenschaftlicher pädagogik. einführung in hermeneutik, phänomenologie und dialektik. München: Ernst Reinhardt, GmbH & Co KG, Verlag, München, 2006. p. 34-120.

GADAMER, Hans-George. Verdade e método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. 2. ed. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

GATTI, Bernadete A. Pesquisa em educação: um tema em debate. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 80, p. 106-111, fev. 1992.

GATTI, Bernadete A. Implicações e perspectivas da pesquisa educacional no Brasil contemporâneo. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 113, p. 65-81, jul. 2001.

GATTI, Bernadete A; ANDRÉ, Marli. The relevance of qualitative research methods in Education in Brazil. In: BOHNSACK, Ralf; PFAFF, Nicole; WELLER, Wivian (eds.) Qualitative analysis and documentary methods. Leverkusen Opladen: Barbara Budrich Publishers, 2010.

GUSMÃO, Neusa Maria Mendes de. Antropologia e educação: origens de um diálogo. Caderno Cedes. Campinas, v. 18, n. 43, dez. 1997.

GUSMÃO, Neusa Maria Mendes de. Entre lugares: antropologia e educação no Brasil. Educação, Santa Maria, v. 34, n. 1, p. 29-46, jan./ abr. 2009.

HOYNINGEN-HUENE, Paul. Systematicity: the nature of science. New York: Oxford University Press, 2013.

LÜDKE, Menda; ANDRÉ, Marli. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. SãoPaulo: EPU, 1986.

RITTELMEYER, Christian. Methoden hermeneutischer Forschung. In:FRIEBERTSHÄUSER, Barbara; LANGER, Antje; PRENGEL, Annedore (orgs.) Handbuch: qualitative forschungsmethoden in der erziehungswissenchaft. Weinheim: BeltzJuventa, 2013.

RITTELMEYER, Christian; PARMENTIER, Michael. Einführung in die pädagogische Hermeneutik. Darmstadt: WBG, 2006.

SCHREIER, Margrit. Qualitative content analysis. In: FLICK, Uwe. The SAGE handbook of qualitative data analysis. Sage: Los Angeles, London, New Delhi, Singapore, Washington, 2014. p. 170-183.

TOSTA, Sandra Pereira. Antropologia e educação: interfaces em construção e as culturas na escola. Revista Inter-legere, Natal, n. 09, p. 234-252, jul./dez. 2011.

TOSTA, Sandra Pereira. Cruzando fronteiras: entre a Antropologia e a educação no Brasil e na Argentina. Pro-Posições, Campinas, v. 24, n. 2, maio/ago. 2013.

VALENTE, Ana Lúcia. Antropologia e Educação: um antigo diálogo retomado? Revista da Faced, Salvador, n. 7, p. 241-259, 2003.

VIEIRA, Karina Augusta Limonta. A construção do conhecimento em antropologia da educação: levantamento, análise e reflexão de artigos publicados no Brasil. 2016. 357 f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós Graduação em Educação Escolar, Universidade Estadual Paulista, 2016. Disponível em: http://wwws.fclar.unesp.br/agendapos/educacao_escolar/3942.pdf. Acesso em: 10 fev. 2019.

VIEIRA, Karina Augusta Limonta Análise de conteúdo hermenêutica: a aplicação do método na área da educação. In: OLIVEIRA, Sheila Fernandes Pimenta e; DAVID, Célia Maria. (Org.). Educação e desenvolvimento: prismas, movimentos e transições. Franca: Uni-FACEF; Unesp, 2017b, v. 1, p. 367-387

VIEIRA, Karina Augusta Limonta. Antropologia da educação: levantamento, análise e reflexão no Brasil. Curitiba: CRV, 2017a.

VIEIRA, Karina Limonta; QUEIROZ, Gustavo Morais. Hermeneutic content analysis: a method of textual analysis. International Journal of Business Marketing and Management (IJBMM), v. 2, n. 8, p .08-15, 2017.

VIEIRA, Ricardo. Etnobiografias e descoberta de si: uma proposta da Antropologia da Educação para a formação de professores para a diversidade cultural. Pro-Posições, Campinas, v. 24, n. 2, p. 109-123, maio/ago. 2013.

WARDE, Mirian. O papel da pesquisa na pós-graduação em educação. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 73, p. 67-75, maio 1990.

WEBER, Max. Die Objektivität“ sozialwissenschaftlicher und sozialpolitischer Erkenntnis. In: WEBER, Max. Gesammelte aufsätze zur wissenschaftslehre. Tübingen: Mohr-Siebeck, 1988. p. 146-214.

Publicado
06-08-2019
Como Citar
Vieira, K. A. L. (2019). ANÁLISE DE CONTEÚDO: HERMENÊUTICA NA EDUCAÇÃO. @rquivo Brasileiro De Educação, 6(13), 85-104. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2018v6n13p85-104