A PEDAGOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONSTRUÍDA NO COTIDIANO: IDEAIS, CONCEPÇÕES, TENSÕES, DESAFIOS E POSSIBILIDADES

  • Maria das Graças Oliveira Universidade Federal de Campina Grande UFCG/PB
Palavras-chave: Pedagogia da infância. Cotidiano. Participação.

Resumo

A atual conjuntura da Educação Infantil no Brasil denota, cada vez mais, a necessidade de produção de saberes acerca da pedagogia que se delineia no cotidiano das instituições públicas de ensino do país. Desse modo, perguntas são postas a todo instante sobre esses saberes pedagógicos, como: quais são as possibilidades existentes nas práticas pedagógicas desenvolvidas no dia a dia com as crianças que legitimam o seu direito a uma educação coletiva de qualidade? Outra questão emerge dessa primeira: quais são as limitações existentes nessas práticas que dificultam o cumprimento do objetivo de consolidar esse direito das crianças, para que elas possam viver as suas infâncias em contextos que respeitem as suas especificidades? Neste artigo, serão abordadas essas duas questões a partir das análises dos dados de uma pesquisa de doutorado realizada em duas creches públicas, na cidade de Belo Horizonte, Minas Gerais. Para tanto, será utilizada a abordagem da sociologia da infância, que nos permite ver as crianças, as professoras e as famílias como coautoras dos processos pedagógicos na construção da pedagogia da infância, cotidianamente, nas relações e interações de uma com as outras. As práticas educativas desenvolvidas com crianças de zero a três anos de idade, as tensões, os desafios e os embates entre esses atores sociais, na creche pública, também serão aqui descritos. Os resultados mostram que se delineia, nesse contexto, uma pedagogia participativa permeada por contradições acerca das seguintes concepções: da função da creche, da educação familiar na educação coletiva e dos cuidados à criança na creche pública.

 

ABSTRACT

The current situation of Children Education in Brazil increasingly denotes the necessity to produce knowledge on the pedagogy regarding the daily life of public institutions of education in the country. In this sense, there are questions to be made about this pedagogical knowledge at all times, such as: what are the existing possibilities in the teaching practices developed day-by-day with children that affirm their right to a quality collective education? From this question emerges another: what are the existing limitations in these practices hampering the assurance of this right, so that the children may live their childhood in respectful conditions to their peculiarities? In this article, those two questions will be approached from the data analysis of a doctoral research carried out in two public daycares in the city of Belo Horizonte, Minas Gerais. For this purpose, The Childhood Sociology approach will be employed, which allows us to see the children, the teachers and the families as coauthors of the teaching processes in the construction of the childhood pedagogy, in their relationships and interactions with each other in the daily living. The teaching practices developed with 0-to-3 year old children, the tensions, the challenges and the conflicts between these social actors at the public daycare will also be here descripted. The results demonstrate that, in this context, a participative pedagogy takes shape, permeated by contradictions around the following conceptions: the role of the daycares, of the family in the collective education, and of children care at the public daycares.

Keywords: Childhood Pedagogy. Daily Life. Participation.

Biografia do Autor

Maria das Graças Oliveira, Universidade Federal de Campina Grande UFCG/PB

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (1991), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2003) e Doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Atualmente é professora da Universidade Federal de Campina Grande. Tem experiência em docência na área de Educação com turmas de Educação Infantil e anos iniciais da Educação Básica. Atua em pesquisas com ênfase em Educação, principalmente nos seguintes temas: Educação Infantil; relação entre a família e a creche pública, docência na Educação Infantil, práticas pedagógicas no cotidiano da Educação Infantil e Estágio na Educação Infantil.

Publicado
12-09-2016
Como Citar
Oliveira, M. das G. (2016). A PEDAGOGIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL CONSTRUÍDA NO COTIDIANO: IDEAIS, CONCEPÇÕES, TENSÕES, DESAFIOS E POSSIBILIDADES. @rquivo Brasileiro De Educação, 3(6), 7-18. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2015v3n6p7