ANTÓNIO LOBO ANTUNES: QUATRO CRÔNICAS

  • Nilze Paganini PUC Minas
Palavras-chave: Crônica. António Lobo Antunes. Ironia. Autobiografia. Memorialismo.

Resumo

Os textos de António Lobo Antunes extrapolam uma categori­zação rígida de gênero, abarcando elementos da crônica jorna­ lística, propriamente dita, da autobiografia e do memorialismo. As quatro crônicas abordadas neste estudo são exemplares tam­ bém para a observação do uso da ironia e da crítica social por parte do escritor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANTUNES, António Lobo. Crónicas. Lisboa: Publicações Dom Quixote,

CANDIDO, Antonio et ai. A crônica, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas: Editora Unicamp; Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa, 1992.

GOMES, Álvaro Cardoso. A voz itinerante: ensaio sobre o romance portu­guês contemporâneo. São Paulo: Edusp, 1993.

FERRAZ, Maria de Lourdes A. A ironia romântica. Lisboa: IN-CM, 1987. MIRANDA, Wander Melo. Corpos escritos: Graciliano Ramos e Silviano

Santiago. São Paulo: Edusp; Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1992.

Publicado
11-05-2017
Como Citar
Paganini, N. (2017). ANTÓNIO LOBO ANTUNES: QUATRO CRÔNICAS. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, 1(14), 163-170. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoscespuc/article/view/14715