LITERATURA, HISTÓRIA E JORNALISMO NO PLANETA MINAS

  • Maria do Carmo Lanna Figueiredo PUC Minas
Palavras-chave: Sinais de vida no planeta Minas. Fernando Gabeira. Literatura. História. Jornalismo. Ficção e reportagem. A pântera de Minas. Mineiras. Gêneros literários. Espaço social da mulher.

Resumo

"Literatura, História e Jornalismo no planeta Minas" analisa o livro Si­nais de vida no planeta Minas, de Fernando Gabeira (1982), focalizan­do o processo narrativo que se constrói no diálogo entre a ficção e a reportagem, e entre a literatura e a sociedade. Considera-se que, ao en­trelaçar o episódio Ângela Diniz, "a pantera de Minas", que ocupou a curta duração das manchetes dos jornais das décadas de 60 e 70, com a vida de outras mineiras famosas e míticas - Beja do Araxá, Chica da Silva de Diamantina, Olímpia de Ouro  Preto e Tiburtina de Montes Claros -o romance propicia o estudo de questões referentes aos gêneros literários e ao espaço social da mulher.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

SILVA, Aguinaldo. O crime antes da festa, a história de Ângela Diniz e seus amigos. São Paulo: Lidador, 1977.

VASCONCELOS, Agripa. A vida em flor de Dona Beja. Belo Horizonte: Itatiaia, 1957.

VASCONCELOS, Agripa. Chica que manda. Belo Horizonte: Itatiaia, 1962.

GABEIRA, Fernando. Sinais de vida no planeta Minas. Rio de Janeiro: Nova Frontei­ra, 1982.

CASTRO, Maria Ceres Pimenta Spínola. Criações e criaturas. Na tessitura da cena, a vida. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1997. p. 121-59.

ISER, Wolfgang. O fictício e o imaginário. Perspectivas de uma antropologia literá­ria. Trad. Johannes Kretschmer. Rio de Janeiro: EDUERJ, 1996.

Publicado
11-05-2017
Como Citar
Figueiredo, M. do C. L. (2017). LITERATURA, HISTÓRIA E JORNALISMO NO PLANETA MINAS. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, 1(8), 9-17. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoscespuc/article/view/14908