O NARRADOR E A NARRATIVA EM A GLORIOSA FAMÍLIA E A RAINHA DOS CÁRCERES DA GRÉCIA - UM ESTUDO

  • Maura Eustáquia de Oliveira PUC Minas
Palavras-chave: A gloriosa família - o tempo dos flamingos. Pepetela. A rainha dos cárceres da Grécia. Osman Lins. Walter Benjamin. Adorno. Silviano Santiago. Narrador e narrativa.

Resumo

Este trabalho discute a questão do narrador e da narrativa, tomando como pontos básicos para reflexão os romances A rainha dos cárceres da Grécia, de Osman Lins, e A gloriosa família - o tempo dos flamen­gos do angolano Pepetela. Com o apoio teórico de Walter Benjamim, Adorno e Silviano Santiago, dentre outros, procuramos analisar aspec­tos relevantes das duas narrativas, tais como as diferentes vozes que ali se expressam, a estrutura semovente das tramas e personagens, estabele­cendo - tanto quanto possível- uma comparação entre os dois roman­ces, as posições dos seus narradores e a estrutura narrativa adotada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ADORNO, Theodor W. A Posição do Narrador no Romance Contemporâneo. Trad. José Lins Grünnewald do original alemão "Noten Zur Literatur I (1958). In: Os Pen­sadores. Textos Escolhidos. 2. ed. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

ARRIGUCCl Jr., Davi. Enigma e comentário, ensaios sobre literatura e experiência. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.

BAKHTIN, M. Questões de literatura e estética, a teoria do romance. Trad. Aurora F. Bernardini e outros, São Paulo: UNESP/HUCITEC, 1999. p. 107-163.

BENJAMIN, Walter. O Narrador. Textos escolhidos. 2. ed. Trad. Modesto Carone, São Paulo: Abril Cultural, 1983.

BOSI, Alfredo. Céu, inferno: ensaio de crítica literária. São Paulo: Ática, 1 998. p. 10-32.

BRANDA- O, Helena H. N'agamine. Introdução à análise do discurso. Campinas: Ed. da Unicamp, 1998. p. 45-68.

CASTAGNO, Alder de Azambuja. Arrigucci Narrador - reflexões sobre o narrador, a memória c a experiência. Ensaios de Semiótica, Belo Horizonte, UFMG, v. 26, 176- 180, 1993.

LIMA, Luiz Costa.A metamorfose do silêncio. Análise do discurso literário. Rio de Janeiro: Livraria Eldorado Tijuca Ltda, 1994.

LIMA, Rachel Esteves. A arquitetura do texto Benjaminiano. Revista de Estudos Lite­rários. Belo Horizonte, UFMG, v. 2, p. 111-1 22, out./94.

LINS, Osman. A rainha dos cárceres da Grécia. São Paulo: Melhoramentos, 1976.

OTTE, Georg. O Narrador sem aura ou pensando a reprodutividade oral em Benja­min. In: Revista de Estudo de Literatura. Belo Horizonte, UFMG, v. 2, p. 123-136, out./94.

PEPETELA. A gloriosa família, o tempo dos Flamengos. Rio de Janeiro: Ed. Nova Fronteira, 1999.

SANTIAGO, Silvano. O narrador pós-moderno. Nas malhas da letra. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

Publicado
11-05-2017
Como Citar
Oliveira, M. E. de. (2017). O NARRADOR E A NARRATIVA EM A GLORIOSA FAMÍLIA E A RAINHA DOS CÁRCERES DA GRÉCIA - UM ESTUDO. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, 1(8), 18-32. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/cadernoscespuc/article/view/14909