O corpo despedaçado: tortura e sofrimento nas prisões

Main Article Content

Cristina Maria de Oliveira

Resumo

O sofrimento psíquico faz parte da condição humana e está representado em várias obras literárias brasileiras. Uma delas é Batismo de Sangue: os dominicanos e a morte de Carlos Marighela, escrita por Frei Betto, que retrata a trajetória dos freis dominicanos e sua relação com o revolucionário Carlos Marighela. A obra está composta com um autor/narrador, Frei Betto, que fala na primeira/terceira pessoa, mas abre espaço para outros enunciadores, como os torturadores e torturados. Esse artigo tem como objetivo analisar a obra e o sofrimento psíquico do jovem dominicano Frei Tito, preso, torturado e que após seu banimento do país e exílio na França enlouquece. A obra tem como função relatar a história dos que foram vencidos durante a ditadura e inserir essa versão dos fatos na história oficial ao apontar os traumas sofridos por eles.

Article Details

Como Citar
Oliveira, C. M. de. (2020). O corpo despedaçado: tortura e sofrimento nas prisões. Cadernos CESPUC De Pesquisa Série Ensaios, 36, 23-33. https://doi.org/10.5752/P.2358-3231.2019n0p23-33
Seção
Artigos