PROSA: Escola de Formação de Autoprodutores em Processos Socioambientais

  • Viviane Zerlotini da Silva PUC Minas
  • Sílvia do Rosário Delgado dos Reis PUC Minas
Palavras-chave: Autoprodução. Assessoria Técnica Direta. Processos Socioambientais.

Resumo

O presente trabalho apresenta as experiências do projeto Prosa e relata suas respectivas ações e metodologias adotadas. Considerando ações dentro e fora da universidade, o Prosa é um projeto de extensão do curso de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, que visa trabalhar junto aos autoprodutores do espaço da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Tradicionalmente, o trabalho do Escritório de Integração é prestar assessoria técnica direta a autoprodutores do espaço. A partir da experiência da antiga Escola de Formação de Mão de Obra (EFMO), surgiu a proposta da Prosa, uma Escola de Formação de Autoprodutores em Processos Socioambientais. O planejamento das ações diretas foi colaborativo, de modo que os autoprodutores puderam atuar nos processos de decisão sobre o território, a partir do seu conhecimento, da sua experiência e das suas práticas. A expectativa é a de que outras tecnologias de construção e de urbanização, ditas como alternativas ou marginais, possam reverter processos da urbanização extensiva e predatória, tornando-se promissoras tanto a autoprodutores quanto a estudantes, professores, técnicos, operários e outros praticantes da Arquitetura e Urbanismo.

 

Biografia do Autor

Viviane Zerlotini da Silva, PUC Minas

Professora adjunta do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), doutora em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG / NPGAU, mestre em Engenharia de Produção da Escola de Engenharia da UFMG. Cocoordenadora do Escritório de Integração e coordenadora do projeto Prosa (aprovado pelo Edital Nº 088/2017, da PROEX). Arquitetura e Urbanismo / Coração Eucarístico, Núcleo de Extensão de Políticas Sociais e Urbanas - NUPSU.  

Sílvia do Rosário Delgado dos Reis, PUC Minas

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo pela PUC Minas/Coração Eucarístico. Extensionista do projeto “Prosa: Escola de Formação de Autoprodutores em Processos Socioambientais”. 

Referências

CARVALHO, Edézio Teixeira. Geologia urbana para todos: uma visão de Belo Horizonte. Belo Horizonte: [s. n.], 2001.

GUILLERM, A.; BOURDET, Y. Autogestão: uma mudança radical. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.

HARVEY, David. The Right to the City. New Left Review, 2008, 53 (8): p. 23-40.

LEFEBVRE, Henri. O direito à cidade. Tradução Rubens Eduardo Frias. 5. ed. São Paulo: Centauro, 2001.

SOUZA, Jessé (coord.). Os batalhadores brasileiros: nova classe média ou nova classe trabalhadora? Belo Horizonte: Editora UFMG, 2010.

TRAGTENBERG, M. Uma prática de participação: as coletivizações na Espanha (1936/1939). In: VENOSA, R. (org.). Participação e participações: ensaios sobre autogestão. São Paulo: Babel Cultural, 1987.

Publicado
02-12-2019