As Variantes dos Sistemas Nacionais de Inovação em Potências Emergentes

  • Rúbia Pereira Rodrigues PUC Minas
Palavras-chave: Brasil. Índia. Sistemas Nacionais de Inovação (SNI).

Resumo

Este artigo explora o sistema nacional de inovação (SNI) de dois países médios emergentes, do Brasil e da Índia, através das suas políticas de CT&I, das estratégias de articulação interinstitucional interna e da inserção econômica internacional. Sugere-se que ambos os países estão na zona intermediária entre a autonomia e a dependência tecnológica.

Biografia do Autor

Rúbia Pereira Rodrigues, PUC Minas
Mestre (2014) e Bacharel (2011) em Relações Internacionais na PUC Minas. Coordenadora de Suporte e Projetos na Assessoria de Relações Internacionais da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (SEPLAN) da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas.

Referências

ALBUQUERQUE, Eduardo da Motta e. Catching up no século XXI: Construção combinada de sistemas de inovação e bem-estar social. In: SICSÚ, João; MIRANDA, Pedro. (Org.). Crescimento econômico: estratégias e instituições. 1ed. Rio de Janeiro: IPEA, 2009, v., p. 55-83.

AMSDEN, Alice H. A Ascensão do Resto: Os desafios ao Ocidente de economias com industrialização tardia. São Paulo: Editora UNESP, 2009.

CASSIOLATO, José Eduardo; LASTRES, Helena Maria Martins. Science, Technology and Innovation Policies in the BRICS Countries: an Introduction. In: CASSIOLATO, José Eduardo; VITORINO, Virgínia. BRICS and Development Alternatives: Innovation Systems and Policies. London: Anthem Press, 2011.

FREEMAN, C. Technology policy and economic performance: lessons from Japan. London: Pinter Pub; 1989.

FURTADO, André Tosi. Impactos da Atual Fase do Capitalismo sobre os Países em Desenvolvimento. In: LIMA, Marcos Costa. Dinâmica do Capitalismo Pós-Guerra Fria: Cultura Tecnológica, Espaço e Desenvolvimento. São Paulo: Editora UNESP, 2008.

JOSEPH, K.J.; ABROL, Dinesh. Science, Technology and Innovation Policies in India: Achievements and Limits. In: CASSIOLATO, José Eduardo; VITORINO, Virgínia. BRICS and Development Alternatives: Innovation Systems and Policies. London: Anthem Press, 2011.

LUNDVALL, Bengt- Åke. (Ed.) National Systems of Innovation: Towards a Theory of Innovation and Interactive Learning. Londres: Pinter, 1992.

LUNDVALL, Bengt- Åke; BORRÁS, Susana. Science, Technology, and Innovation Policy. In: FAGERBERG, Jan; MOWERY, David C.; NELSON, Richard R. (Ed). The Oxford Handbook of Innovation. Oxford: Oxford University Press, 2011.

MCTI. Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação 2012-2015: Balanço das Atividades Estruturantes 2011. Brasília: CGEE, 2012.

NASSIF, André. National Innovation System and Macroeconomic Policies: Brazil and India in comparative perspective. United Nations Conference on Trade and Development Discussion Papers, n. 184, 2007.

SCHUMPETER, Joseph. Capitalisme, Socialisme et Démocratie. Paris: Payot, 1954.

SCHUMPETER, Joseh A. The Creative Response in Economic History. The Journal of Economic History, n. 2, v. 7, p. 149-159, 1947.

Publicado
11-11-2014
Como Citar
Rodrigues, R. P. (2014). As Variantes dos Sistemas Nacionais de Inovação em Potências Emergentes. Conjuntura Internacional, 11(3), 71-76. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/conjuntura/article/view/8692
Seção
ARTIGOS