Aspectos cognitivos e noções de justiça social da política externa brasileira: eixos conceituais

Cognitive aspects and notions of social justice of Brazilian foreign policy: conceptual axes

  • Luiz Henrique Dias Silva Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas.
Palavras-chave: Política Externa, Justiça Social, Multilateralismo.

Resumo

O Brasil é um país de tradição pacifista cujo discurso apela ao Direito Internacional, à solução pacífica de controvérsias e ao multilateralismo. Assim, torna-se pertinente analisar os eixos conceituais de sua diplomacia e política externa comparados à realidade sistêmica.

Biografia do Autor

Luiz Henrique Dias Silva, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas.
Bacharel em Relações Internacionais pelo Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI BH, 2014/1. Mestrando em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas, 2015 - 2017. Membro do Grupo de Pesquisa das Potências Médias (GPPM). Membro do grupo de pesquisa REDES Leste Europeu/Europa Central/Rússia. Bolsista CAPES/Taxa.

Referências

AMORIM, Celso. In: O Brasil nas Nações Unidas: 1946 – 2006. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão. 2007. Disponível em: < http://funag.gov.br/loja/download/996-Brasil_nas_Nacoes_Unidas_1946-2006_O.pdf>. Acesso em: 07 ago. 2015.

CARTA CAPITAL. Dilma condena uso generalizado da força na ONU. CARTACAPITAL. Disponível em: <http://www.cartacapital.com.br/internacional/dilma-condena-uso-generalizado-da-forca-na-onu-1522.html>. Acesso em: 01 maio 2015.

CERVO, Amado Luiz; BUENO, Clodoaldo. História da política exterior do Brasil. - 2. ed. – Brasília. Editora Universidade de Brasília, 2002.

CERVO, Amado Luiz. Eixos conceituais da política exterior do Brasil. Revista Brasileira de Política Internacional, 41. Nº spe. Brasília, 1998. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003473291998000300005>.Acesso em: 21 mar. 2014.

DUARTE VILLA, Rafael Antônio; TRINDADE VIANA, Manuela. Security Issues during Lula’s Admnistration: from the reactive to the assertive approach. In: Revista Brasileira de Política Internacional. Nº 53 (special edition): 91 – 114. 2010.

GALTUNG, Johan. Violence, Peace and Peace Research. In: Journal of Peace Research, 6: 167 – 191.

GARROT, Emmanuel et al. Un regard sur l’historiographie de la politique extérieure brésilenne aux Xxe siècle. In: Dennis Rolland (coord.). Le Brésil e Le Monde. Pour une histoire des relations internationales de puissances émergentes.Paris: L’Harmattan, 1998.

KOLODZIEJ, Edward A. Security and International Relations. New York: Cambridge University Press. 2005. 349 p.

LAMPREIA, Felipe. In: O Brasil nas Nações Unidas: 1946 – 2006. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão. 2007. Disponível em: < http://funag.gov.br/loja/download/996-Brasil_nas_Nacoes_Unidas_1946-2006_O.pdf>. Acesso em: 07 ago. 2015.

LITTLE, Richard e SMITH, Steve (ed.). Belief Systems and International Relations. Oxford/New York: Basil Blackwell, 1988.

LULA DA SILVA, Luís Inácio. In: O Brasil nas Nações Unidas: 1946 – 2006. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão. 2007. Disponível em: < http://funag.gov.br/loja/download/996-Brasil_nas_Nacoes_Unidas_1946-2006_O.pdf>. Acesso em: 07 ago. 2015.

MELLO E SILVA, Alexandra. Ideias e Política Externa: a atuação do Brasil na Liga das Nações e na ONU. Rio de Janeiro: Revista Brasileira de Política Externa Internacional. 41 (2): pp. 139 – 158, 1998.

MIALL, Hugh; RAMSBOTHAM, Oliver; WOODHOUSE, Tom. Contemporary Conflict Resolution: the prevention, management and transformation of deadly conflicts. UK: Polity Ed. Cambridge. 2005. Caps. 1 e 2.

SEIXAS CORRÊA, Luiz Felipe de. In: O Brasil nas Nações Unidas: 1946 – 2006. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão. 2007. Disponível em: < http://funag.gov.br/loja/download/996-Brasil_nas_Nacoes_Unidas_1946-2006_O.pdf>. Acesso em: 07 ago. 2015.

VERTZBERGER, Yaacov. The World in their Minds: Information Processing, Cognition and Perception in Foreign Policy Decision Making. Stanford: Stanford University Press, 1990.

Publicado
29-04-2017
Como Citar
Silva, L. H. D. (2017). Aspectos cognitivos e noções de justiça social da política externa brasileira: eixos conceituais. Conjuntura Internacional, 14(1), 4-11. https://doi.org/10.5752/P.1809-6182.2017v14n1p4