[1]
A. R. Fortes, “As operações de paz da ONU como um mecanismo de neoliberalismo disciplinar: O caso de Angola (1989-2002)”, CI, vol. 15, nº 3, p. 28, dez. 2018.