INOVAÇÃO SOCIAL: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA DOS ESTUDOS DE CASO PUBLICADOS NO BRASIL

  • Ronalty Oliveira Rocha Universidade Federal de Sergipe/Programa de pós-graduação em administração PROPADM/UFS
  • Aline França de Abreu Universidade Federal de Sergipe
  • Debora Eleonora Pereira da Silva Universidadade Federal de Sergipe
  • Maria Elena Leon Olave Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Inovação social. Dimensões de inovação social. Tardif e Harrisson (2005). SPELL. ENANPAD

Resumo

Este trabalho teve como objetivo analisar como a inovação social tem sido caracterizada nos estudos brasileiros. Apresenta-se um recorte da inovação social nos estudos de caso brasileiros disponibilizados nas bases de dados SPELL e anais da ANPAD. Identificaram-se 21 artigos em periódicos e 16 em eventos da ANPAD. Os estudos selecionados foram analisados à luz das dimensões de inovação social propostas por Tardif e Harrisson (2005) – Transformação, caráter inovador, inovação, atores e processo. Ao todo foram selecionados e analisados 37 artigos, publicados entre janeiro de 2007 e agosto de 2019. De modo geral, as evidências encontradas apontam que os estudos de caso brasileiros sobre inovação social consideram as dimensões propostas por Tardif e Harrisson (2005), contudo nem todos os artigos apresentam em totalidade, nem mesmo descrevem, adequadamente, as 5 dimensões propostas por esses autores Destaca-se especialmente as dimensões de transformação e processos dentre as menos explicadas nos estudos consultados.

Biografia do Autor

Ronalty Oliveira Rocha, Universidade Federal de Sergipe/Programa de pós-graduação em administração PROPADM/UFS
Mestrando em administração pela universidade federal de Sergipe, onde desenvolve pesquisas vinculadas ao grupo de pesquisas  Observatório de Tecnologia- Inovação e Organizações.
Aline França de Abreu, Universidade Federal de Sergipe
Doutora em Information Technology e Innovation Management pela Faculty of Engineering- University of Waterloo em 1995.
Debora Eleonora Pereira da Silva, Universidadade Federal de Sergipe
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco.
Maria Elena Leon Olave, Universidade Federal de Sergipe
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade de São Paulo (2003).
Publicado
20-12-2019
Seção
Artigos