ABRA-TE, SÉSAMO! O setor financeiro brasileiro de portas abertas à inovação

Palavras-chave: Inovação Aberta, Setor Financeiro, Gestão da Inovação, Estratégias de Inovação, Capacidade Absortiva

Resumo

O objetivo deste artigo é identificar as atuais estratégias de inovação em organizações de capital aberto do setor financeiro brasileiro, buscando descrever e discutir quais são as principais estratégias observadas à luz das teorias de inovação. Para tanto, foram selecionadas 6 organizações, sendo 3 bancos e 3 companhias do ramo de seguridade e efetuada pesquisa documental em informações divulgadas publicamente no período de 2016 a 2017. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva, de abordagem qualitativa, realizada por meio de estudo de múltiplos casos. A coleta de dados ocorreu por meio pesquisa documental, sendo a análise de conteúdo a técnica utilizada para tratamento e discussão dos dados obtidos. Identificou-se, dentre as diversas tipologias de estratégias de inovação, que as organizações lócus do estudo estão abertas à inovação, adotando a inovação como uma diretriz estratégica para alcançar seus objetivos. O estudo traz como contribuição a identificação da adoção da inovação aberta pelas organizações do setor financeiro brasileiro para fazer frente aos desafios de atuação em um setor altamente competitivo.

Biografia do Autor

HECIO WANDERLEY DE SOUZA ALMEIDA, UNIVERSIDADE DE BRASILIA
Mestre em Administração - PPGA/UNB
JOSIVANIA SILVA FARIAS, UNIVERSIDADE DE BRASILIA
Doutora em Administração (UNB), professora adjunto atuando na Graduação e na Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Universidade de Brasília - UnB
Publicado
20-12-2019
Seção
Artigos