ANÁLISE COMPARATIVA DOS FATORES QUE INTERFEREM NA PERCEPÇÃO DE ADEQUAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO: UM ESTUDO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI

Palavras-chave: Ensino Presencial, Adequação, Estágio Supervisionado, Ensino a Distância.

Resumo

Esse artigo tem como objetivo investigar os principais fatores que influenciam a percepção de adequação com esperado no estágio realizado por alunos dos cursos de Administração e de Administração Pública da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, sendo o primeiro ofertado na modalidade presencial e o segundo, na modalidade a distância. Os dados foram coletados por meio de questionários com perguntas fechadas e com escala de Likert de cinco pontos e analisados por meio de modelos de regressão múltipla. Os resultados indicaram que, no curso de Administração, os principais fatores que influenciam a satisfação com o estágio foram ‘oportunidade de inserção em projetos’, ‘percepção de remuneração justa’ e ‘possibilidade de aplicação do conhecimento teórico’. Já no curso de Administração Pública (EaD), os fatores mais relevantes foram: ‘fornecimento de informações’, ‘percepção de remuneração justa’, ‘disponibilidade de equipamentos e materiais’, ‘oportunidade de desenvolvimento de projetos’, ‘qualidade da supervisão’, ‘possibilidade de inserção em projetos da organização’ e ‘oportunidade de efetivação’.

Biografia do Autor

Naldeir dos Santos Vieira, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais- UFMG. Mestre em Administração pela Uniersidade Federal de Pernambuco - UFPE. Bacharel em Administração de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Prof. Adjunto III da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM onde atua como membro do Departamento de Administração e do Programa de Pós-Graduação em Administração Pública - PPGAP.

Agnaldo Keiti Higuchi, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Doutor em Administração pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Adjunto da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM onde atua como membro do Departamento de Administração e do Programa de Pós-Graduação em Administração Pública - PPGAP.

Maiara Pereira Teles, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Bacharel em Administração pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM.

Kenny Moreno Santos Fernandes, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Mestre em Administração pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET/MG e servidora da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM.

Daniela Cristina da Silveira Campos, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri - UFVJM

Bacharel e mestre em Administração pela Universidade Federal de Viçosa - UFV. Professora Adjunta da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri onde atua como membro do Departamento de Administração.

Publicado
25-05-2021
Seção
Artigos