Adesão de gestantes a atividade educativa em uma Unidade Básica de Saúde de Belo Horizonte MG

Amanda Rodrigues Garcia Palhoni, Marina Celly Martins Ribeiro de Souza, Michele Aparecida de Oliveira Lima, Natalia Patrício Soares

Resumo


Trata-se de um relato de experiência da implementação de uma intervenção com gestantes desenvolvida por
discentes de enfermagem, durante o estágio supervisionado na Atenção Primária à Saúde. A intervenção foi
planejada a partir do diagnóstico situacional desenvolvido em uma Unidade Básica de Saúde em Belo Horizonte,
identificando-se como problema a baixa adesão das gestantes aos grupos educativos. Dessa forma, foram
utilizadas estratégias com o objetivo de captar as gestantes usuárias desse serviço, a fim de aumentar sua adesão
nos grupos e promover uma assistência humanizada e que atendesse as suas necessidades e demandas. Os
resultados obtidos foram positivos. Houve a participação das gestantes, troca de experiências e saberes,
esclarecimento de dúvidas sobre temas como aleitamento materno e cuidados com recém-nascido, culminando
na solicitação pelas gestantes para realização de outros encontros. Além de um crescimento enquanto futuros
profissionais da área, a atividade mostrou que é importante que profissionais que atuam nesses serviços de saúde
inovem suas práticas educativas, estabelecendo estratégias para captar e aderir usuários.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.