Ações do enfermeiro na identificação precoce da sepse

Jairo Antonio Ribeiro, Malu Sepini Gonçalves, Gabriela Cristina da Silva Pereira

Resumo


Verificar as ações do enfermeiro para identificação precoce das alterações sistêmicas causadas pela sepse relacionada aos pacientes internados em UTI adulto. Método: pesquisa descritiva, com abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa 15 enfermeiros da Unidade de Terapia Intensiva Adulto de três hospitais de grande porte em um município de Minas Gerais. A coleta de dados ocorreu entre março, abril e maio de 2018, por meio de entrevistas semiestruturadas. Resultados: Foi identificado o perfil sócio cultural e econômico dos sujeitos. Os dados foram tratados segundo análise temática de conteúdo. Conclusões: Esse estudo apontou que os enfermeiros exercitam ações para o diagnóstico precoce da sepse, que existe um protocolo nas instituições, mas não é de total conhecimento dos enfermeiros, e que o programa de educação continuada é indispensável para o conhecimento do protocolo e ação do time de sepse.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.