IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA NO SETOR DE HEMODINÂMICA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

  • Patrícia Lopes Barbosa UNIFESP
  • Antonio Carlos de Camargo Carvalho UNIFESP
  • Regina Bitelli Medeiros UNIFESP

Resumo

O estudo foi realizado no Setor de CI do hospital universitário HSP-UNIFESP entre 2012 e 2017. Foram registradas as frequências de uso dos dispositivos de radioproteção usados por médicos e equipe de enfermagem e aplicadas as seguintes ações: programa de treinamento; criação do Comitê Interno de Proteção Radiológica (CIPR) e implantação do sistema de notificação e monitoramento de procedimentos com altas doses de radiação. Um total de 183 procedimentos foi acompanhado, entre cateterismos diagnósticos (71%), angioplastias ad hoc (18%) e angioplastias eletivas (11%). Os dispositivos de proteção coletiva foram rotineiramente utilizados pelos profissionais. Houve aumento na frequência de uso dos dosímetros individuais pelas equipes, bem como na frequência de uso dos óculos plumbíferos pelos médicos. O programa de treinamento teve a participação da equipe médica e de enfermagem. Em relação às doses dos pacientes foram registrados como Nível de Dose Substancial 54 procedimentos em 2014 (2,0%), 73 em 2015 (2,6%), 101 (3,7%) em 2016 e 36 (2,5%) em 2017. Nenhum dos pacientes monitorados apresentou reação tecidual devido à sua exposição. As ações implementadas
contribuíram para a conscientização dos profissionais sobre a importância da vigilância e proteção em atividades com radiação.

ABSTRACT
The study was carried out in the IC sector of a university hospital HSP-UNIFESP from 2012 to 2017. Frequencies of use of radioprotection devices used by physicians and nursing staff were recorded and the following actions were applied: training program; creation of the Internal Committee for Radiological Protection (ICRP) and implementation of the system of notification and dose monitoring of procedures with high doses of radiation. A total of 183 procedures were followed in 2013, among diagnostic catheters (71% of the total), ad hoc angioplasties (18%) and elective angioplasties (11%). Collective protection evices were routinely used by professionals. There was an increase in the frequency of use of the individual dosimeters by the teams, as well as in the frequency of wearing of the lead glasses by doctors. The training program was attended by the medical and nursing staff. In relation to the doses of patients, some procedures were recorded in 2014 (2.0%), 73 in 2015 (2.6%), 101 (3.7%) in 2016 and 36 (2.5% ) in 2017. None of the monitored patients presented tissue reaction due to their exposure. The actions implemented contributed to the awareness of the professionals about the importance of surveillance and protection in activities with radiation.

Referências

Picano E. Sustainability of medical imaging. Education and Debate. BMJ. 2004 Mar 6; 328(7439): 578–80.

National Council on Radiation Protection and Measurements. Ionizing

radiation exposure of the population of the United States, Bethesda: NCRP; 2009. (NCRP Report n. 168).

Valentin J. Avoidance of radiation injuries from medical interventional

procedures. Ann ICRP. 2000;30(2):7-67.

Silva LP, Maurício CLP, Canevaro LC, Oliveira PS. Avaliação da exposição dos médicos à radiação em procedimentos hemodinâmicos intervencionistas. Radiol Bras (Internet). 2008 Oct(cited 2017 Mar 03);41(5):319-23.

Leyton F, Canevaro L, Dourado A, Castello H, Bacelar A, Navarro MT et al. Riscos da Radiação X e a Importância da Proteção Radiológica na CardiologiaIntervencionista: Uma Revisão Sistemática. Rev Bras Cardiol Invasiva (Internet). 2014 Mar (cited 2017 Mar 03);22(1):87-98.

Brasil, Ministério da Saúde. Diretrizes de proteção radiológica em

radiodiagnóstico médico e odontológico. Portaria nº 453. Brasília: Diário Oficial da União nº 100, 1/6/1998. Disponível em http://www.phymed.com.br/fisicamedica/site/textos/portaria453.PDF Acesso em 03 de março de 2017.

National Council on Radiation Protection and Measurements (NCRP): Radiation Dose Management for Fluoroscopically-Guided Interventional Medical Procedures – NCRP Report N° 168; Recommendations of the NCRP. July 21, 2010. 7910 Woodmont Avenue, Suite 400/Bethesda, MD 20814-3095. Disponível em: https://www.ncrppublications.org/products/reviews/BARBOSA PL, CARVALHO ACC, MEDEIROS RB IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES... 165

Report%20No.%20168%20HPJ%20-%20December%202011.pdf Acesso em 03 de março de 2017.

Oliveira SR, Azevedo ACP, Carvalho ACP. Elaboração de um programa de monitoração ocupacional em radiologia para o hospital universitário Clementino Fraga Filho. Radiol Bras. 2003 Jan/Fev;36(1):27-34.

Food and Drug Administration: Important information for physicians and other health care professionals. Avoidance of serious x-ray-induced skin injuries to patients during fluoroscopically-guided procedures. September 9, 1994. Disponivel em: https://www.fda.gov/downloads/Radiation-

EmittingProducts/RadiationEmittingProductsandProcedures/MedicalImaging/MedicalXRays/UCM116677.pdf

Publicado
30-08-2019
Seção
ARTIGOS/ARTICLES