UTILIZAÇÃO DO LÚDICO NO TRATAMENTO ONCOLÓGICO INFANTIL E SUAS CONTRIBUIÇÕES: UMA REVISÃO NARRATIVA

  • Gledson Micael da Silva Leite Universidade Regional do Cariri
  • Suzete Gonçalves Caçula Universidade Regional do Cariri
  • Vaneska Hellen Campos Araruna
  • Lara Pereira Leite Alencar
  • Héryka Laura Calú Alves Universidade Regional do Cariri
  • Grayce Alencar Albuquerque
Palavras-chave: Enfermagem Oncológica, Saúde da Criança, Hospitalização, Jogos e Brinquedos

Resumo

A hospitalização para crianças com câncer pode se constituir em um trauma. Nesse sentido, o lúdico pode ser uma estratégia utilizada para o enfrentamento dessa situação. Objetivou-se identificar as contribuições das intervenções lúdicas no tratamento da criança com câncer, com vistas a subsidiar a reflexão e o aprimoramento destas ações na reabilitação oncológica infantil. Trata-se de uma revisão narrativa da literatura, sem recorte temporal, realizada na Biblioteca Virtual da Saúde, considerando as bases de dados LILACS e MEDLINE, utilizando os descritores pediatria, oncologia e ludicidade, palavras associadas e sinônimos destes. Os estudos apontaram que o lúdico é uma estratégia imprescindível no cuidado às crianças com câncer, reduzindo os sentimentos e impressões negativas e favorecendo o bem-estar e o enfrentamento da doença e do tratamento. Por fim, esse um instrumento melhora a qualidade de assistência dos profissionais e a qualidade de vida das crianças, mas para tanto são necessários profissionais capacitados e ambientes adequados, assim como o aprofundamento da discussão sobre a temática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gledson Micael da Silva Leite, Universidade Regional do Cariri

Acadêmico do curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri.

Suzete Gonçalves Caçula , Universidade Regional do Cariri

Acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri.

Vaneska Hellen Campos Araruna

Acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri.

Lara Pereira Leite Alencar

Acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri.

Héryka Laura Calú Alves, Universidade Regional do Cariri

Enfermeira pela Universidade Regional do Cariri (URCA). Mestranda em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da URCA.

Grayce Alencar Albuquerque

Enfermeira. Docente do quadro efetivo da Universidade Regional do Cariri (URCA). Doutora em Ciências da Saúde pelo programa de Pós-graduação da Faculdade de Medicina do ABC.

Publicado
12-07-2022
Seção
ARTIGOS/ARTICLES