Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais <p><strong>Estudos Internacionais</strong>&nbsp;- Estudos internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas é uma publicação quadrimestral do Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, classificada como B2 no QUALIS de sua área "Ciência Política e Relações Internacionais" (Plataforma Sucupira - CAPES-Brasil, 2013-2016).</p> <p><strong>Missão</strong>: Estudos Internacionais tem por missão veicular trabalhos científicos que contribuam para o avanço da pesquisa, especialmente na área de Relações Internacionais, da formação acadêmica crítica e integral, aberta ao diálogo, à perspectiva interdisciplinar e à pluralidade de ideias.</p> <p><strong>Estudos Internacionais</strong>&nbsp;- Estudos internacionais: PUC Minas International Relations journal - is a quarterly journal published by the Post-Graduate Program in International Relations - of the Pontifical Catholic University of Minas Gerais, rated B2 at QUALIS/CAPES, in its area "Political Science and International Relations" <span style="display: inline !important; float: none; background-color: transparent; color: #000000; cursor: text; font-family: 'Noto Sans',Arial,Helvetica,sans-serif; font-size: 14px; font-style: normal; font-variant: normal; font-weight: 400; letter-spacing: normal; orphans: 2; text-align: left; text-decoration: none; text-indent: 0px; text-transform: none; -webkit-text-stroke-width: 0px; white-space: normal; word-spacing: 0px;">(Plataforma Sucupira - CAPES-Brazil, 2013-2016).</span></p> <p><strong>Mission</strong>: Estudos Internacionais aims to convey scientific papers that contribute to the advancement of research, particularly in the area of International Relations. Its main purpose is to provide a critical and integral education, open to dialogue, to interdisciplinary perspective and to the plurality of ideas.</p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais pt-BR Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas 2317-773X <p>Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:</p> <p>1.&nbsp;Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a <a href="https://creativecommons.org/licenses/by/3.0/" target="_new">Licença Creative Commons Attribution</a> que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p> <p>2.Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.</p> <p>3.Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja&nbsp;<a href="http://opcit.eprints.org/oacitation-biblio.html" target="_new">O Efeito do Acesso Livre</a>).</p> <p>&nbsp;</p> <p><img width="88" height="31" alt="" src="https://licensebuttons.net/l/by/3.0/88x31.png"></p> <p>&nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> Páginas Iniciais http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/29873 <p>Estudos Internacionais</p> Estudos Internacionais Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 1 6 Los Desafíos a la Democracia Contemporánea http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/29397 <p>Una creciente literatura, desde hace ya varios años, sostiene que presenciamos un periodo de recesión de los valores democráticos, que se entiende como la disminución en el ritmo de avance y de los logros ocurridos durante la tercera ola de democratización global. Sin embargo, estos procesos parecen responder más a las dinámicas internas de los Estados que a un proceso generalizado de desprecio por los regímenes democráticos, las transformaciones de la política global también han dificultado —y lo hacen cada vez más— el mantenimiento y generación de nuevos pactos democráticos. El presente ensayo contribuye al análisis de la forma en que la democratización ha interactuado en los procesos de construcción de Estado, y rastrea la forma en que ayuda a explicar una eventual recesión democrática. Para ello, en primer lugar, se presenta una reconstrucción de los distintos argumentos teóricos que han logrado presentar a la democracia liberal como un modelo superior a los regímenes autoritarios de derecha e izquierda. A continuación, se revisa críticamente los principales aportes en materia de estudios sobre las transiciones y la consolidación de la democracia. En la sección tres, se hace una revisión del estado del arte de la literatura sobre la naturaleza de la crisis democrática contemporánea. Finalmente, se hace un recorrido sobre las perspectivas de superar la crisis democrática actual en América Latina.</p> Lina Chaparro-Martinez Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 7 20 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p7-20 Acuerdos de Integración Regional y Educación Superior en los Países Andinos http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/26144 <p>El impulso de la educación superior ha sido un denominador común en los procesos de integración en la región, sin embargo, los resultados alcanzados han sido heterogéneos. Se señalan las principales características y limitaciones. Asimismo, se hace una revisión de los compromisos asumidos en los principales acuerdos comerciales Norte-Sur y Sur-Sur del Perú. Se plantea la necesidad de profundizar esos compromisos y la liberalización en los acuerdos de integración regionales.</p> Alan Fairlie Reinoso Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 21 41 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p21-41 Comparing the Effectiveness of Nuclear and Air-independent propulsion Submarine Fleets http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/25545 <p>Este artigo propõe uma metodologia que permite a quem tem valores de custo reais realizar os cálculos de custo-benefício, estritamente do ponto de vista tático e logístico, sobre a equivalência de desempenho, não de submarinos de propulsão nuclear versus de propulsão independente do ar (AIP) , mas de frotas de submarinos nucleares vs. AIP. Com isso em mãos, torna-se possível para quem quer que tenha números mais sólidos do que poderíamos encontrar sobre o custo do ciclo de vida completo de qualquer alternativa descobrir, dados os nossos resultados sobre a avaliação de benefícios, qual seria o resultado de um benefício. análise de custo. Não realizamos o último, devido à incerteza sobre a metodologia pela qual as estimativas de custo disponíveis ao público foram calculadas. Ao fornecer um método de cálculo do benefício do valor militar das alternativas para apoiar uma avaliação das alternativas da frota SSN / SSP, esperamos ter fornecido um ponto de partida mais sólido para o debate, tanto em termos gerais, um método, como para o brasileiro caso em particular, um aplicativo.</p> Eugenio Pacelli Lazzarotti Diniz Costa Domício Proença Jr. Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 42 58 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p42-58 The Role of International Actors in the Negotiation Process Between the Colombian Government and the Farc-Ep: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/26230 <p>Um dos principais objetivos da administração de Juan Manuel Santos (2010-2018) era a consolidação e conclusão do processo de negociação de um acordo com as FARC-EP que pusesse fim ao conflito armado entre estas partes. Para o conseguir, foi necessário mobilizar e alinhar o aparelho de Estado, incluindo a política externa. O objetivo deste artigo é determinar o papel desempenhado pela comunidade internacional no processo de negociação entre o governo colombiano e o grupo guerrilheiro das FARC-EP na capital cubana. O acima exposto, sob um método qualitativo, baseado numa revisão documental da imprensa e em discursos oficiais. O artigo mostra que a política externa colombiana estabeleceu como objetivos, por um lado, internacionalizar o processo com o objetivo de conseguir legitimidade e apoio numa eventual fase pós-conflito, mas também limitar, durante as negociações, a participação dos diferentes atores internacionais.</p> Carlos Gonzalez Juan Maria Camila Alzate Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 59 77 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p59-77 Paradiplomacia da Cidade de Dourados - MS: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/23439 <p>O objetivo do presente artigo é descrever a atuação paradiplomática do município de Dourados-MS, buscando identificar variáveis que influenciaram o processo de inserção internacional, bem como as (des)continuidades nesse processo, desde seu início em 2001 até seu abandono, em 2016. O estudo de caso foi conduzido conforme a proposta de Robert Yin (2015), por meio da descrição das ações internacionais e de uma análise qualitativa de uma bibliografia selecionada, documentos oficiais e entrevistas semiestruturadas, e fundamentado teoricamente pelo modelo de Soldatos (1990) e Salomón (2012). No caso de Dourados, o processo de internacionalização malogrou em função das seguintes variáveis: alteração da filiação política partidária dos mandatários municipais, agravada pela crise político-econômica após a deflagração da operação Uragano pela Polícia Federal; ausência de uma estrutura específica e quadros permanentes; e<br>o afastamento paulatino da sociedade em relação à política municipal.</p> Tomaz Espósito Neto Aida Mohamed Ghadie Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 78 95 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p78-95 Critical Discourse Analysis and Lexical Semantics: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/27440 <p>Novas facetas de multilateralismo emergiram e motivaram o realinhamento de tradicionais relações de poder estabelecidas globalmente, principalmente entre os Estados Unidos e a China. Esse novo ambiente estratégico pode ser observado nas mudanças feitas no Livro Branco de Defesa Nacional do Brasil (LBDN) de 2020, como também na dialética entre os Livros Brancos dos Estados Unidos (2017) e da China (2019). Para investigar esses realinhamentos e seus possíveis impactos no setor de defesa brasileiro, a análise foi realizada em duas fases: (1) análise das características gerais dos Livros Brancos de Defesa dos EUA e da China; e (2) comparação dos discursos apresentados em capítulos sobre cooperação internacional em cada Livro Branco de Defesa. Os padrões de discurso foram analisados conforme os arcabouços teórico-metodológicos da Semântica Lexical e da Análise de Discurso Crítica. Como resultado, elementos de campos semânticos, intertextualidade e modalidade no discurso foram apontados como parâmetros que poderiam contribuir para a avaliação das ações de cooperação e deterrência/dissuasão a serem adotadas pelos EUA e pela China no século XXI.</p> Karina Coelho Pires Rafaela Araújo Jordão Rigaud Peixoto Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 96 117 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p96-117 Maquiavel e as Relações Internacionais: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/28424 <p>As ideias de Martin Wight sobre a ligação da teoria política clássica com o comportamento dos agentes internacionais influenciaram decisivamente as teorias sobre a política internacional. São exemplos deste reflexo a perspectiva construtivista proposta por Alexander Wendt, a proposta de uma sociedade de estados de Hedley Bull, entre outras. O presente artigo oferece alguma das ideias proposta por Wight nos seminários proferidos por ele na <em>London School of Economics</em> entre 1959 e 1960 (publicados em forma de livro na edição de Gabriele Wight e Brian Porter em 2005). Os pensamentos de Wight estão presentes neste artigo na forma de uma tradução comentada do primeiro capítulo da obra <a href="#_ftn1" name="_ftnref1">[1]</a> deste autor sobre o pensamento e a influência de Maquiavel nas Relações Internacionais. A presente tradução para a língua portuguesa proporciona o acesso ao pensamento de Wight para o publico não falante da língua inglesa, contextualiza o pensamento de Wight pela inserção original de comentários explicativos a respeito de assuntos relacionados à década de 1950, bem como, verifica os argumentos do texto de Wight oriundos da obra Il Principe, de Maquiavel, escrito em italiano e editado por L. Arthur Burd em 1891.</p> Leonardo Dutra Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 118 135 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p118-135 Percursos Diplomáticos, Sociais e Literários: http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/27384 Murilo Vilarinho Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 136 140 10.5752/P.2317-773X.2022v10n2p136-140 Edição Completa http://periodicos.pucminas.br/index.php/estudosinternacionais/article/view/29874 <p>Estudos Internacionais</p> Estudos Internacionais Copyright (c) 2023 Estudos Internacionais: revista de relações internacionais da PUC Minas https://creativecommons.org/licenses/by/4.0 2023-01-09 2023-01-09 10 2 1 140