Análise das relações entre Brasil e Colômbia em um contexto de multipolaridade emergente: desafios à construção da liderança brasileira na América do Sul

Gabriel Galdino Gomes

Resumo


Brasil tem desempenhado nos últimos anos um importante papel nas relações internacionais, demonstrando ser além de uma potencia emergente, líder regional no contexto sul-americano. Em vista disso, o artigo tem como objetivo inicial entender o conceito de potência regional na perspectiva realista neoclássica e como ocorreu o desenvolvimento da política externa brasileira no escopo a buscar a consolidação dessa posição na região. Assim, pretende-se abordar acerca da política externa da Colômbia e refletir sobre como o Estado colombiano pode representar um importante aliado estratégico ao Brasil ou fazer um contrapeso aos interesses deste na região. Esta pesquisa, portanto, tem por finalidade analisar as relações bilaterais Brasil-Colômbia, relevando as perspectivas de cooperação e resistência entre ambos países em face de um cenário de tendência a multipolaridade.

Palavras-chave


multipolaridade; política externa; relações bilaterais; Brasil; Colômbia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377