O Caso Monsanto: o novo papel das multinacionais

Pedro Henrique Miranda Gomes

Resumo


Em um contexto de globalização que ultrapassa a esfera econômica e se expande mais fortemente no setor da informação, as companhias multinacionais se vêem obrigadas a adequar progressivamente seus discursos e práticas a novos paradigmas ideológicos que afetam diretamente a sua capacidade de tomar para si um papel mais ativo como atores legítimos do sistema internacional. O fator central da análise deste fenômeno é a legitimidade (ou ausência da mesma) que um ator privado teria para assumir responsabilidades ligadas ao interesse público. O caso da companhia Monsanto é emblemático devido à sua presença em setores tão estratégicos e vitais como a biotecnologia e o setor alimentício. Percorrer o processo de adequação desta companhia nos dá uma visão mais clara dos perigos presentes nessa nova estruturação do sistema internacional.

Palavras-chave


Monsanto; Teoria de Relações Internacionais; Multinacionais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377