Intervenções humanitárias, direitos humanos e o interesse nacional norte-americano

Matheus de Carvalho Hernandez

Resumo


Este artigo tem por objetivo discutir de que maneira, no pós-Guerra Fria, os Estados Unidos, durante o governo Clinton, utilizaram a introdução do tema dos direitos humanos na agenda internacional para elaborarem a conceituação de Estados e, consequentemente, legitimarem as intervenções humanitárias como a ocorrida no Kosovo em 1999. Ademais, este estudo objetiva evidenciar a relação existente entre as intervenções de caráter humanitário e os interesses nacionais norte-americanos, revelando-nos que, ao contrário da meta da Conferência de Viena de 1993, os direitos humanos ainda não se mostram como uma associação de objetivos e tampouco como regime internacional dissociado dos temas relativos ao poder.

Palavras-chave


Estados Unidos; Direitos humanos; Intervenções humanitárias; Governo Clinton; Kosovo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377