Os limites da sociedade internacional para o tratamento do terrorismo contemporâneo

Lucas Lopes Cerqueira

Resumo


O objetivo deste artigo é discutir os principais problemas trazidos pelo terrorismo contemporâneo. Inicialmente, busca-se delimitar a manifestação mais emblemática do terrorismo recente, classificado de “terrorismo transnacional metapolítico”. Num segundo momento, é analisado o papel da Organização das Nações Unidas na luta contra tal fenômeno. Nesse sentido, demonstra-se, através da abordagem teórico construtivista, de que maneira as instituições internacionais podem proporcionar ações multilaterais coordenadas para a solução das demandas discutidas na agenda internacional de segurança pós-Guerra Fria. Por fim, são apresentadas as limitações decorrentes do entendimento inerente ao regime de segurança coletivo institucionalizado pela ONU em face da natureza da violência dos grupos terroristas enquadrados na classificação adotada.


Palavras-chave


Terrorismo; Sistema internacional pós-Guerra Fria; Instituições internacionais; Segurança coletiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377