Neorrealismo e conduta incoerente com a estrutura do sistema internacional

  • Lucas Grassi Freire PUC-MG e UFMG
Palavras-chave: Teoria de Relações Internacionais, Neorrealismo, Hipóteses auxiliares, Previsão de resultados na dinâmica internacional, Socialização e emulação.

Resumo

Críticas ao neorrealismo comumente interpretam-no como uma teoria que estabelece um mundo no qual a configuração da estrutura do sistema internacional possui relação determinista com a conduta de seus atores. Sempre que há conduta incoerente com a estrutura, argumentam esses críticos, o neorrealismo vê-se contradito. Este trabalho procura mostrar como a existência de conduta incoerente é aceitável ao neorrealismo. Adotam-se um teste empírico para esse tipo de crítica e o argumento de que o neorrealismo também consegue estabelecer mecanismos teóricos para manter a ideia básica de que o estudo da configuração da estrutura do sistema internacional é capaz de explicar e prever, em linhas gerais, a conduta dos atores.

 

Biografia do Autor

Lucas Grassi Freire, PUC-MG e UFMG
Graduado em Relações Internacionais pela PUC-MG e em Ciências Econômicas pela UFMG.
Como Citar
Grassi Freire, L. (1). Neorrealismo e conduta incoerente com a estrutura do sistema internacional. Fronteira: Revista De iniciação científica Em Relações Internacionais, 5(9), 97-125. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/fronteira/article/view/4078