A ótica de redes: peculiaridade instrumental na percepção das relações internacionais contemporâneas

José Francisco Rezende Faria Dutra

Resumo


Este artigo objetiva abordar a formação de redes como interessante instrumento para se analisar fenômenos transnacionais no âmbito das Relações Internacionais. Para tanto, considera conceitos como transnacionalismo e interdependência complexa e procura compreender as mudanças no papel do Estado na contemporaneidade e suas implicações para a emergência de atores transnacionais no ambiente internacional. Em seguida, procura demonstrar como esses conceitos implicam a articulação de atores dispersos pelo sistema, num possível modo de abordar o fenômeno, por meio da formação de redes transnacionais. Por fim, sugere e justifica tal forma de abordagem como poderoso instrumental metodológico e analítico trazido ao campo das relações internacionais contemporâneas.


Palavras-chave


Transnacionalismo; Interdependência complexa; Redes internacionais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377