A comunidade transnacional de arte contemporânea

Camila Campelo Bechelany

Resumo


O presente artigo investiga a formação de um universo cognitivo, em nível internacional, do gosto artísticos contemporâneo, de modo a refletir os limites de uma comunidade artística transnacional. Para tanto, contrói um modelo teórico que procura definir os meios de atribuição de valor às obras de arte, a partir de sua circulação por canais transnacionais de troca. Verificamos, a partir de análise da consagração de valores e da atuação do curador de arte, a delimitação de um universo marcado pela “cultura da globalidade”.


Palavras-chave


Fluxos transnacionais de valores; Comunidade de sentido; Política do gosto

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores:

  

 

ISSN: 1679-5377