Paisagem e lugares: considerações sobre a arte rupestre do Sítio Sampaio, Felício dos Santos, Alto Araçuaí, Minas Gerais: uma análise interpretativa / Landscape and places: considerations on the rock art of the Sampaio Archaeological Site, Felício dos Santos, Alto Araçuaí, Minas Gerais: an interpretative analysis

  • Marcelo Fagundes Docente do curso de Geografia da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Arkley Marques Bandeira Universidade Federal do Maranhão
  • Wellington Santos Greco Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri

Resumo

O estudo em arte rupestre tem tomado diferentes perspectivas em Arqueologia, dentro os quais suas relações com a paisagem. Neste caminho, o objetivo deste artigo é apresentar breves considerações sobre as pesquisas que têm sido desenvolvidas no sítio arqueológico Sampaio, localizado no município de Felício dos Santos, Alto Vale do Araçuaí, Minas Gerais, e como se tem apropriado metodológica e teoricamente do conceito da paisagem para se inferir acerca de questões caras à Arqueologia. É sabido que os seres humanos coexistem com os outros agentes de seu meio sob uma ótica de percepção. Por isso, o sítio, o meio envolvente e os grafismos são analisados de acordo com discussões teórico-metodológicas e de reflexões sobre as interrelações entre Humanos e o (seu) mundo, que podem contribuir para com o entendimento de como as pinturas se deram sobre a superfície rochosa e influenciaram o comportamento e processo de conhecimento daqueles que as realizaram. Utilizando diferentes metodologias, com investigações que seguem desde a caracterização geoambiental ou uso do SIG para mapeamento da área, tem-se buscado compreender a dinâmica das ocupações humanas em longa duração, tendo paisagem e lugar como conceitos-chave.

Palavras-chave: Arte rupestre. Paisagem. Lugar. Estrutura. Alto Araçuaí.

Abstract

The study in rock art has taken different perspectives in Archeology, within which its relations with the landscape. In this way, the objective of this article is to present brief considerations about the researches that have been developed in Sampaio archaeological site, located in the municipality of Felício dos Santos, Alto Vale do Araçuaí, Minas Gerais, and how we have methodologically and theoretically appropriate the concept of the landscape to infer about important issues for Archeology. It is well known that human beings coexist with other agents of their environment from a perspective of perception. Therefore, the site, environment and the paintings are analyzed according to theoretical-methodological discussions and reflections on the interrelationships between Humans and their world, which can contribute to the understanding of how the paintings were made on the rock surface and influenced the behavior and knowledge about the process of those who performed them. Using different methodologies, with investigations ranging from the geoenvironmental characterization or the use of GIS to mapping the area, we have sought to understand the dynamics of human occupations in long-term, having landscape and place as key concepts.

Keywords: Rock Art. Landscape. Place. Structure. Araçuaí Valley

Biografia do Autor

Marcelo Fagundes, Docente do curso de Geografia da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Mestre e Doutor em Arqueologia pela Universidade de São Paulo. Pos-doutorado em Geologia pela UFVJM.
Arkley Marques Bandeira, Universidade Federal do Maranhão
Mestre e Doutor em Arqueologia pela Universidade de São Paulo. Docente do curso de Ciências Humanas da Universidade Federal do Maranhão (Campus Pinheiro).
Wellington Santos Greco, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
Mestrando do Mestrado Profissional Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri.
Publicado
03-07-2018