Compartimentação do relevo baseada em parâmetros morfométricos: uma análise da região do extremo oeste da Bahia

  • André Barbosa Ribeiro Ferreira Universidade Federal de São João del Rei http://orcid.org/0000-0003-3041-4012
  • Bráulio Magalhães Fonseca Universidade Federal de Minas Gerais
  • Gabriel Pereira Universidade Federal de São João del-Rei
Palavras-chave: Cartografia Geomorfológica, Geoprocessamento, Fragilidade natural

Resumo

O sensoriamento remoto e as técnicas de geoprocessamento se tornaram tecnologias otimizadoras dos estudos ambientais e de diversos outros ramos da ciência. O estudo aqui apresentado possui o objetivo de identificar as áreas com maior susceptibilidade à dissecação e a partir disso possibilitar maiores análises, sobretudo no que se refere ao planejamento ambiental. Para o desenvolvimento da pesquisa utilizou-se o Índice Global de Dissecação do Relevo, proposta a partir da utilização e sobreposição de três parâmetros geomorfométricos. Os resultados obtidos apontaram que as áreas mais susceptíveis a dissecação encontram-se na faixa transicional entre o planalto da Serra Geral e a Depressão São Franciscana, principalmente onde ocorrem maiores concentrações de rugosidade.

Publicado
03-02-2020