Tenência do vapor de água na baixa Troposfera da América do Sul

  • Henderson Silva Wanderley Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Teste de Mann-Kendall, regressão linear, nível bárico de 700 hPa

Resumo

O vapor de água é um constituinte importante da atmosfera por interferir na distribuição da temperatura, participar ativamente dos processos de absorção e emissão de calor sensível e latente pela atmosfera e por ser um dos principais agentes do efeito estufa. No entanto, o entendimento de como o vapor de água variou nas ultimas décadas é escasso principalmente para regiões como a América do Sul. Deste modo, este estudo teve como objetivo identificar a existência de tendências na concentração de vapor de água na baixa troposfera da América do Sul. Para o desenvolvimento deste estudo foram utilizadas informações médias mensais e anuais da concentração de vapor de água troposférico, compreendidos entre os anos 1980 a 2014, analisadas para o nível bárico de 700 hPa, provenientes de radiossondagens. As tendências foram calculadas pelo teste estatístico não paramétrico de Mann-Kendall juntamente com a análise de regressão linear mediante a utilização do teste de significância para o coeficiente angular da regressão. Os resultados mostraram dois padrões distintos de tendência para o vapor de água atmosférico. Um de aumento para as regiões Norte, Central e Leste do continente Sul Americano e um de redução para o Sul do continente.

Publicado
04-04-2020