No caminho para a escola

a percepção e representação das paisagens por alunos do ensino médio em Alto Piquiri - PR

  • Paula Maria Mantovani
  • Juliano Strachulski Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
Palavras-chave: Paisagem, Percepção, Mapas mentais, Alunos

Resumo

O presente estudo objetiva compreender a percepção e representação das paisagens, no caminho para a escola, observadas pelos estudantes da 3ª série do ensino médio do Colégio Estadual Papa João XXIII em Alto Piquiri - PR. Com esse intuito, a pesquisa foi colocada em prática a partir da realização de conversas informais, aplicação de um questionário e confecção de mapas mentais pelos estudantes. A partir das atividades, foi possível verificar que a compreensão da paisagem, sua percepção e os sentimentos a ela referidos, mostram que as concepções de mundo dos alunos, refletidas pelas paisagens, estão atreladas a elementos materiais e, com mais ênfase, imateriais. Já a representação das paisagens, mediante elaboração dos mapas mentais pelos alunos, privilegiou suas vivências, sentidos particulares e sentimentos, muito mais que um produto cartográfico, em que certos elementos podem estar no centro ou nas margens da folha, maiores ou menores, devido aos significados que recebem. Ao se trabalhar com as paisagens vivenciadas cotidianamente pelos alunos, torna-se possível que aprendam com as suas reflexões, a partir do que escreveram, falaram e desenharam, estimulando um olhar crítico e mais profundo sobre a realidade.

Biografia do Autor

Paula Maria Mantovani

Licenciada em Geografia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG, Brasil.

Juliano Strachulski, Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG
Bacharel em Geografia, Mestre em Gestão do Território e Doutorando em Geografia pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG.

Mestre em Gestão do Território, Doutorando em Geografia

pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG

Publicado
05-05-2020