Como as práticas artísticas podem se comprometer com a busca da justiça social e ambiental - a partir e além do contrato civil de fotografia, lições da Amazônia

  • Marilene Cardoso Ribeiro University for the Creative Arts - UCA

Resumo

Este artigo procura refletir sobre a atuação política das obras de arte, bem como propor insights sobre possíveis maneiras de empregar a fotografia, no contexto do século XXI, para apoiar o desenvolvimento de cenários futuros mais justos nas agendas sociais e ambientais. Ele se baseia nas experiências da autora em seu trabalho de campo na Amazônia, entrelaçadas com as afirmações de Ariella Azoulay sobre fotografias como agentes de empoderamento, e as perspectivas de Jacques Rancière sobre o impacto das práticas artísticas nos sistemas que governam a sociedade.

Publicado
09-09-2020