O avesso da nação: a recorrência de relações de trabalho escravo na fronteira amazônica no final do século xx e século xxi

  • Vitale Joanoni Neto Universidade Federal de Mato Grosso
  • Regina Beatriz Guimarães Neto Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Trabalho análogo ao de escravo; Amazônia; Desmatamento.

Resumo

O presente artigo visa tratar da recorrência de relações de trabalho degradantes, conhecidas no Brasil como Trabalho Análogo ao de Escravo ou Trabalho Escravo Contemporâneo, ao longo do século XX, com ênfase em sua presença na fronteira amazônica brasileira. Discutindo a permanência dessas relações de trabalho após o fim do escravismo, predominantemente entre os trabalhadores rurais, analisamos suas reconfigurações até o final do século quando os projetos de Integração da Amazônia foram desenvolvidos pelos governos militares, sob o pretexto de levar homens sem terra para terra sem homens, produzindo degradação ambiental à custa de mão de obra de migrantes, explorados e sem garantias de direitos.

Publicado
09-09-2020