As naturezas do trabalho escravo contemporâneo na Amazônia Oriental brasileira

do debate político à análise dos dados nos estados do Pará e Maranhão

  • José Sobreiro Filho Universidade Federal do Pará
  • Ronaldo Barros Sodré Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: Trabalho; Trabalho Escravo; Amazônia; Pará; Maranhão.

Resumo

O trabalho escravo contemporâneo é um dos muitos elementos que conformam a questão agrária brasileira, sua manutenção e reprodução tem passado pela incorporação de novas roupagens que buscam construir sua naturalidade e aceitação. Neste artigo realizamos algumas reflexões sobre as naturezas conjunturais do trabalho escravo contemporâneo tanto em escala nacional quanto no contexto da Amazônia Oriental. A análise de dados e a respectiva relação com as atividades produtivas no campo tem expressado potencial explicativos explorados em correlação com o fenômeno do trabalho escravo contemporâneo. Além de buscar oferecer uma reflexão crítica sobre o trabalho escravo contemporâneo, o texto também dá especial atenção ao Maranhão e ao Pará, estados da Amazônia Ocidental brasileira que se destacam por promoverem e proverem o trabalho escravo no Brasil. Em outras palavras, evidencia-se que conjunturas espaciais são relevantes para a ocorrência e análise do fenômeno.

Publicado
09-09-2020