A Palavra de Deus na Bíblia e a Missão Evangelizadora: cinquenta anos depois da Dei Verbum

  • Johan Konings FAJE
Palavras-chave: Palavra de Deus. Bíblia. Dei Verbum. Evangelização. Vaticano II

Resumo

Aos 50 anos da Dei Verbum retomam-se alguns textos da última década que atualizam esse documento, especialmente a exortação Verbum Domini de Bento XVI, o Documento de Aparecida, do CELAM, e a Evangelii Gaudium, do papa Francisco. Partindo da consideração da palavra dialogal como espaço para o deixar-ser do outro, sublinha-se o caráter humano-divino da palavra de Deus, criadora e humanada em Cristo. A Tradição viva da Igreja, em cujo seio se configura a Escritura cristã como regra primeira da fé, guarda a memoria Christi, a Palavra presente na celebração e no anúncio, não só aos de fora, mas, com urgência atual, na formação permanente e na mistagogia dos que são considerados cristãos. Mas a memoria Christi se guarda e se interpreta, também, na práxis cristã vivida. Evoca-se esta complexa interação do humano e do divino, da memória e da presença, da palavra e da práxis da fé, com a intenção, sobretudo, de valorizar a palavra humana autêntica e dialogal, a serviço da humanação da Palavra de Deus, divinização da palavra humana.

Biografia do Autor

Johan Konings, FAJE
Doutor em Teologia pela Universidade Católica de Louvain (Bélgica). Professor de Teologia Bíblica da FAJE.
Publicado
25-12-2015
Como Citar
KONINGS, J. A Palavra de Deus na Bíblia e a Missão Evangelizadora: cinquenta anos depois da Dei Verbum. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 13, n. 40, p. 2096-2114, 25 dez. 2015.
Seção
Artigos/Articles: Temática Livre/Free subject