John Rawls e a questão da religião e da razão pública

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Elnora Gondim

Resumo

A problemática que permeia todo O liberalismo político, livro tardio de Rawls, é saber como pessoas com diferentes doutrinas compreensivas tais como as filosóficas, morais e religiosas, podem chegar a um acordo sobre questões políticas fundamentais. No entanto, as questões religiosas permeiam o conjunto da obra rawlsiana como, por exemplo, quando John Rawls morreu, em 2002, foi encontrado entre seus arquivos um texto intitulado On my religion. Nele Rawls descreve a história de suas crenças, referindo-se ao período como aluno de graduação em Princeton (1941-1942). Em dezembro de 1942, ele escreve Uma breve investigação sobre o significado de pecado e fé: uma interpretação baseada no conceito de comunidade. Nesses casos, o problema é saber como pessoas com diferentes doutrinas compreensivas religiosas podem chegar a um consenso sobreposto. A solução para o problema de como a legitimidade política pode ser alcançada, apesar do conflito religioso, e de como, entre cidadãos de diferentes crenças, a justificação política pode prosseguir sem referência, em específico, à convicção religiosa. Isso tudo é relacionado com a ideia de razão pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
GONDIM, E. John Rawls e a questão da religião e da razão pública. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 17, n. 53, p. 757, 31 ago. 2019.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Elnora Gondim, UFPI

Mestre em Filosofia/PUCSP, Doutora em Filosofia/PUCRS, Professora do Departamento de Filosofia/CCHL/UFPI.