Uma peregrinação advaita ao encontro do outro: o diálogo inter-religioso na obra de Raimon Panikkar

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Rita Macedo Grassi

Resumo

Raimon Panikkar (1918-2010), teólogo e filósofo, nascido em Barcelona, de família cristã-hindu, foi um dos principais expoentes do diálogo inter-religioso. Destaca-se, neste contexto, sua expressão que se tornou célebre: parti cristão, me descobri hindu e retornei budista, sem jamais ter deixado de ser cristão. Em meu retorno, me descobri um melhor cristão. Para entendê-la, compreendemos ser fundamental adentrar o sentido de advaita (adualidade). A forma como a perspectiva védica do advaita está inserida em sua obra e constitui em recurso para a sua concepção do diálogo inter-religioso é o tema principal desta pesquisa. O autor desenvolveu importantes conceitos ao longo de sua obra e podemos identificar não só uma influência, mas uma referência clara à tradição hindu e, mais propriamente, à perspectiva advaita, tantas vezes mencionada por ele e que identificamos como uma espécie de fio condutor ou de fator explicativo para muitas de suas teorias. Esta pesquisa procura investigar de que forma o advaita se constitui em caminho de construção do diálogo inter-religioso nas obras de Panikkar. Para tal, contextualizamos a perspectiva advaita nas origens do Hinduísmo e a sua utilização por parte do autor, a partir de uma análise crítica do pensamento filosófico ocidental, em sua experiência mística, também definida por ele como experiência da Vida. Analisamos suas teorias da visão trinitária e cosmoteândrica, baseadas na Trindade cristã, o seu conceito de cristologia nomeado de cristofania e o desenvolvimento de uma atitude pluralista, que servirá como base para o diálogo inter-religioso em sua obra, a partir do paradigma pluralista da Teologia do Pluralismo Religioso. E identificamos o advaita na construção do que ele entende por diálogo intra-religioso, o encontro do outro em si mesmo, através do que denomina amor advaita. Uma peregrinação que acontece na interioridade do ser humano, paralelamente ao diálogo inter-religioso. Trata-se de uma pesquisa teórica, através de uma perspectiva metodológica crítico-analítica, tendo em vista a sua aplicação no diálogo inter-religioso, embasadas na bibliografia de Panikkar, mas também na de alguns autores que dialogam, criticam e/ou servem como referência para ele.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
GRASSI, R. M. Uma peregrinação advaita ao encontro do outro: o diálogo inter-religioso na obra de Raimon Panikkar. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 17, n. 53, p. 1350, 31 ago. 2019.
Seção
Dissertações e Teses/Dissertations and Theses (Resumo/Abstract)
Biografia do Autor

Rita Macedo Grassi, PUC Minas

Mestra em Ciências da Religião pela PUC Minas e bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Estácio de Sá.

Referências

Ciência da Religião