A Igreja do Brasil na preparação do Vaticano II (The participation of the Church from Brazil in the preparation of Vatican II) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2011v9n24p986

Luiz Carlos Luz Marques, José Oscar Beozzo

Resumo


Levando–se em conta os leitores do século XXI, ao debruçar-se sobre a participação da Igreja católica brasileira na preparação do Concílio Vaticano II, o presente estudo parte de três perguntas: a) o quê interessa saber sobre a participação brasileira? b) É este um tema relevante? c) Alguns brasileiros participação significativamente na fase preparatória? Para responder apropriadamente a essas questões os autores propõem um conceito diferente de “participação” na preparação do Vaticano II por parte do episcopado brasileiro. O artigo não foca apenas a presença deste ou daquele bispo ou perito nas comissões do Concílio, mas propõe a idéia de que o mais importante foi a auto-preparação, que durante certo tempo permaneceu “latente” e posteriormente se organizou através de um Concílio com um episcopado jovem, com uma média de idade em torno de 54 anos e 11 de experiência como bispo. Por isso, conscientes dos problemas pastorais que a realidade do subdesenvolvimento punha à Igreja, e com uma incipiente experiência de participação colegial, desenvolvida na construção do Plano de Emergência, este episcopado não só vivenciou em profundidade o “evento” conciliar, como foi o primeiro a sair dele organizado para colocá-lo em prática. Daqui a relevância desta reconstrução.
Palavras-chave: Helder Câmara. Plano de Emergência. Colegialidade. Vaticano II. Igreja Católica no Brasil


Abstract
This article aims to show the contribution of the Brazilian Catholic Church in the preparation of the Second Vatican Council. To fulfill such purpose the present study focus its research in three basic questions: a) what is important to know about the Brazilian participation? b) Is this a relevant topic? C) Some Brazilians participate significantly in the preparatory phase? To respond appropriately to these issues the authors propose a different concept of "participation" in the preparation of Vatican II by the Brazilian episcopate. The article focuses not only the presence of this or that bishop or the expert commissions of the Council, but proposes the idea that the most important was the self-preparation, which for a time remained "latent" and later was organized by a council with a young bishop, with an average age around 11 and 54 years of experience as a bishop. Therefore, aware of the problems that the pastoral reality of underdevelopment put the Church, and with an incipient experience of participating high school, developed in the construction of the Emergency Plan, the bishops not only experienced in depth the "event" to reconcile, as was the first it held out to put it into practice.
Key words: Helder Câmara. Emergency Plan. Collegiality. Vatican II. Catholic Church in Brazil.


Palavras-chave


Helder Câmara. Plano de Emergência. Colegialidade. Vaticano II. Igreja do Brasil. Emergency Plan. Collegiality. Vatican II. Catholic Church in Brazil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2011v9n24p986

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: