A evolução da Igreja Católica no Brasil à luz de pesquisas recentes (The evolution of the Catholic Church in Brazil at the light of recent research) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n28p1208

Main Article Content

Johan Konings
Geraldo Luiz de Mori

Resumo

O artigo aqui apresentado propõe uma leitura teológico-pastoral dos resultados do último Censo do IBGE 2010– Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – sobre religião no Brasil, publicados em julho de 2012, recorrendo também ao estudo da Fundação Getúlio Vargas – O novo mapa das religiões – publicado em 2011, e à pesquisa encomendada pela Arquidiocese de Belo Horizonte sobre Valores e religião na região metropolitana, cuja realização se deu em 2012. A leitura proposta pelo artigo toma em conta sobretudo o que os dados dessas pesquisas dizem da igreja católica. Após um breve comentário de alguns elementos apresentados por tais pesquisas, o texto propõe algumas chaves de interpretação. Começa com uma leitura de tipo sociorreligioso, mostrando que a queda acentuada da pertença ao catolicismo é o resultado da saída de uma religião de tipo ‘ambiental’ e herdado para uma religião de ‘convicção’, de caráter ‘confessante’. Num segundo momento apresenta algumas raízes dessa maneira de compreender a fé no Novo Testamento e na leitura sobre a natureza e a missão da igreja feita pelo Concílio Vaticano II. Conclui, enfim, com algumas considerações de tipo pastoral, apontando não tanto para as soluções levantadas pela queda da pertença ao catolicismo, mas para as atitudes que uma igreja ‘confessante’ deve assumir na hora atual.

Palavras-chave: Censo IBGE 2010. Censo das Religiões. Igreja Católica no Brasil. Leitura teológica

 

Abstract

The article proposes a theological-pastoral reading of the results of the most recent Census by the IBGE 2010 – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – regarding religion in Brazil, published in July 2012, while also drawing on a study by the Fundação Getúlio Vargas – O novo mapa das religiões (The new map of religions) – published in 2011, and on the research project sponsored by the Archdiocese of Belo Horizonte regarding Valores e religião na região metropolitana (Values and religion in the metropolitan region), which was carried out in 2012. The reading proposed by this article focuses especially on what the data from these investigations says about the Catholic Church. After commenting briefly on some elements presented by the research, the text proposes some interpretive keys. The first is a socio-religious reading, showing that the steep decline in rates of belonging to Catholicism is the result of the shift from an “environmental” and “natal” type of religion to a religion of “conviction,” with a “confessional” nature. Secondly, the article presents some roots of this way of understanding faith in the New Testament and in the Second Vatican Council’s reading of the nature and mission of the Church. Finally, it concludes with some pastoral considerations, pointing not so much to solutions regarding the decline in Catholic belonging, but rather to the attitudes that a “confessional” church should have in our time.

Key-words: IBGE Census 2010. Census data on religions. Catholic Church in Brazil. Theological reading

Article Details

Como Citar
KONINGS, J.; MORI, G. L. DE. A evolução da Igreja Católica no Brasil à luz de pesquisas recentes (The evolution of the Catholic Church in Brazil at the light of recent research) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n28p1208. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 10, n. 28, p. 1208-1229, 12 dez. 2012.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Johan Konings, FAJE

Doutor em Teologia pela Universidade Católica de Louvain (Bélgica). Professor de Teologia Bíblica da FAJE.

Geraldo Luiz de Mori, Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE)

Bacharel em Filosofia (1986) e Teologia (1992) pelo Centro de Estudos Superiores da Companhia de Jesus - CES - (Belo Horizonte, MG), atual Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia - FAJE -; licenciado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1990); mestre (1996) e doutor (2002) em Teologia pelo Centre Sèvres - Facultés Jésuites de Paris (França). Atualmente é professor adjunto no Departamento de Teologia da FAJE, do qual é Diretor e Coordenador da Pós-Graduação. É também Coordenador Central de Pós-Graduação e Pesquisa na mesma IES. Dedica-se à pesquisa e ao ensino da Antropologia Teológica e da Escatologia Cristã e é líder do Grupo de Pesquisa Interfaces da Cristologia e da antropologia na teologia contemporânea. Estuda também temas de cristologia e hermenêutica, e busca estabelecer relações entre teologia e literatura. Publicou, em 2006, pelas Éd. du Cerf: Le temps, énigme des hommes, mystère de Dieu. Estuda o pensamento de Pierre Teilhard de Chardin e Paul Ricoeur. Desde 2010 é vice-presidente da Soter - Sociedade de Teologia e Ciências da Religião. Em 2011 fez um estágio pós-doutoral em Paris, no Institut Catholique de Paris.