Ética mundial e cultura da paz: desafios da Bioética (World-wide ethics and culture of the peace: dialleenges of the Bioethics) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p31

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Mário Antonio Sanches
Vanessa Roberta Massambani Ruthes

Resumo

O projeto de ética mundial, desenvolvido pelo teólogo ecumênico Hans Küng, propõe que somente por meio de um diálogo inter-religioso é possível estruturar princípios básicos que sejam válidos globalmente e que proporcionem a construção de uma cultura da paz. Essa possibilidade no campo da ética estabelece um amplo diálogo com diferentes autores. No entanto, como o próprio autor assume, o projeto possui limitações, sendo que uma delas é a exclusão de temas que envolvem questões de Bioética que são importantes para as relações em sociedade. Os temas hoje avaliados na área de Bioética são de difícil consenso, entre eles: aborto, uso de embriões, reprodução assistida, questão de gênero. Desse modo, novas frentes de diálogo se fazem necessárias, principalmente no tocante às ciências biológicas, ou seja: a relação entre religião e ciência e cultura e ciência. Para que esse diálogo se torne possível, é necessário reconhecer as possibilidades e os limites do diálogo, numa exigente proposta de transcendência do individualismo, das culturas e da própria religião. Por isso é necessário aprofundar a reflexão começando pela identificação dessas novas questões para se buscar novos espaços de diálogo.

Palavras-chave:Ética mundial; Cultura da paz; Bioética; Ética da transcendência.

 

Abstract

The world ethics project, developed by the ecumenical teologian Hans Küng, indicates that only by a inter-religious dialogue is possible to built basic principles that would be wordly accepted and helpfull in the building of a culture of peace. This possibility on ethics research brings a large dialogue with several thinkers. Although, as the author himself accepts, the project has some limitations, being one of them the exclusion of themes that are discussed in Bioethics and are important to relationship in society. The issues that are studied in Bioethics are of rare consensus, like: abortion, utilization of embryo for research, medically assisted reproduction, gender’s subjects. Thus, new fronts of dialogue are needed, mainly related to biological sciences, it means: relation between religion and sciences, and between culture and sciences. For the dialogue to be possible it is needed to recognize possibilities and limits of it, from an exigent proposal of transcendence of individualism, culture and religion itself. Them, it is needed to deep the thinking starting on identificating this new questions to look for new spaces of dialogue.

Key words:World ethics; Culture of peace; Bioethics; Transcendence.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANCHES, M. A.; RUTHES, V. R. M. Ética mundial e cultura da paz: desafios da Bioética (World-wide ethics and culture of the peace: dialleenges of the Bioethics) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p31. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 7, n. 14, p. 31-45, 16 jun. 2009.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Mário Antonio Sanches, PUCPR

Mário Antônio Sanches é Doutor em Teologia, pela EST/IEPG, de São Leopoldo, RS, professor de Teologia e Bioética no Bacharelado em Teologia da PUCPR, Curitiba e coordenador do Programa de pós graduação em Teologia, mestrado da PUCPR.  E-mail: m.sanches@pucpr.br

Vanessa Roberta Massambani Ruthes, PUCPR

Vanessa Roberta Massambani Ruthes é Licenciada em Filosofia, Especialista em Bioética e mestranda em Teologia pela PUCPR. E-mail: vanessa_ruthes@yahoo.com.br