Um outro mundo já começou: questões para a escatologia cristã (Another World has already started: issues for the Christian eschatology)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Orivaldo Pimentel Lopes Junior

Resumo

A juventude evangélica brasileira se viu, durante os anos 1970, bombardeada por uma carga considerável de versões fundamentalistas da escatologia e, com isso, essa questão veio a ocupar um lugar secundário dentre os temas teológicos dos evangélicos brasileiros. A introdução de uma perspectiva não disjuntada da escatologia, como a do teólogo George Eldon Ladd, foi o que possibilitou a difusão da Teologia da Missão Integral, indicando o quanto a missiologia é inseparável de escatologia. Posteriormente, as versões fundamentalistas mantiveram um espaço menos popular, mas constante, nas igrejas. O quadro foi acrescido da Teologia da Prosperidade, que trouxe a noção de uma escatologia individualista. Portanto, de um lado temos uma escatologia construída numa perspectiva não disjuntada do tempo, e do outro uma visão escatológica fundamentalista e privatizada. O enfrentamento dessas duas tendências expressa a contínua tensão entre o dualismo e a integralidade na história do cristianismo. No Novo Testamento, as imagens da barraca (João 1.14, Atos 18.1-3) e da cortina (Mateus 27.45-52) servem para compreender a dinâmica do “habitar entre” em contraste com a do fechamento do sagrado no espaço do haram. Esses dois modos de habitar, na linha de pensamento do filósofo Peter Sloterdijk, ilustram essas duas tendências.

Palavras-chave: Juventude Evangélica. Escatologia. Fundamentalismo. Teologia da Missão Integral.

 

Abstract: Brazilian evangelical youth was, in 1970’s overflowed with a big variety of fundamentalistic versions of eschatology. That’s why this theme came to occupy a secondary place between the others theological themes in Brazilian evangelical Theology. The introduction of a non disjointed version of eschatology, as Georg Eldon Ladd’s, for instance, make possible the diffusion of IMT (Integral Mission Theology), demonstrating how Missiology is inseparable from eschatology. After that, fundamentalistic versions lost their popularity, but kept their presence in churches. Prosperity Theology brought a complete individualistic notion of eschatology. So, we have in one side a eschatology built on a non disjointed notion of time and reality, and in another, the fundamentalistic and privatized version. The clash of these two tendencies expresses the continuous tension between dualism and integrality in the History of Christianity. In the New Testament, the images of the tent (John 1.14, Acts 18.1-3) and of the curtain (Mathews 27.45-52) are useful to understand the logic of “live-between” in opposition with the closeness of the sacred in the haram. These two ways of dwell, following the thought of the philosopher Peter Sloterdijk, exemplify those two tendencies.

Key words: Evangelical Youth. Eschatology. Fundamentalism. Integral Mission Theology.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LOPES JUNIOR, O. P. Um outro mundo já começou: questões para a escatologia cristã (Another World has already started: issues for the Christian eschatology). HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 10, n. 26, p. 638-649, 3 jul. 2012.
Seção
Comunicações/Papers-Communications
Biografia do Autor

Orivaldo Pimentel Lopes Junior, Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN

Orientador de Doutorado
Doutorado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil(2003)
Atuação em Fundamentos da Sociologia, com ênfase em Teoria Sociológica

Ex-Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da UFRN

Coordenador do Grupo de Pesquisa Mythos-Logos: Religião, Mito e Espiritualidade