Religião politizada contra violência institucionalizada: a Teologia da Libertação no imaginário religioso mundial

  • Alberto da Silva Moreira PUC GOIÁS
Palavras-chave: teologia da libertação, religião, política, globalização, imaginário religioso

Resumo

Desde seus inícios no final dos anos 60 na América Latina, a Teologia da Libertação, tanto como movimento social-político-religioso como reflexão teórica, influenciou igrejas, comunidades religiosas, grupos politicamente engajados, movimentos sociais de base religiosa, étnica, nacionalista e de gênero em muitas partes do mundo. Essa teologia, para enfrentar as muitas formas institucionalizadas da violência (fome, exclusão social, preconceito de gênero, classe, etnia), levou a sério a política como mediação para a fé. Num longo processo de diferenciação interna e de abertura temática e metodológica, em que não faltaram crises e conflitos, as diversas teologias da libertação interagiram com outras teologias, religiões e culturas. Hoje, devido ao processo de globalização cultural, está emergindo um imaginário social e religioso global. As teologias da libertação (na forma de relatos, biografias, símbolos, imagens, motivos, hermenêutica de textos sagrados e métodos de organização popular) se globalizaram e estão contribuindo para formar um imaginário social em torno da religião. Neste imaginário um aspecto da TdL que sobressai é justamente este: uma fé religiosa que assume responsabilidade política diante das formas estruturais de violência. Tal imaginário, mesmo se aparentemente intangível, influencia as práticas e o próprio horizonte da percepção da realidade, na religião e na política.

Biografia do Autor

Alberto da Silva Moreira, PUC GOIÁS
doutorado em Katholische Theologie - na Westfalische-Wilhelms-Universität de Münster, Alemanha, em 1988 e o pós-doutorado em Ciências da Religião (Mídia e Religião) na Facultat de Teologia Fonamental, em Barcelona-Espanha e na Nottingham-Trent-University, Inglaterra, em 1998. Atualmente é Professor Adjunto da Universidade Católica de Goiás no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências da Religão. Trabalhou como editor-científico da Editora Vozes e no Instituto Franciscano de Antropologia, na Universidade São Francisco, em Bragança Paulista.. Atua nas áreas de Ciências da Religião, Sociologia, Teologia e Franciscanismo, com ênfase em Ciencias da Religião. De marco a julho de 2008 assumiu a Cátedra Hemmerle como Gastprofessor da Rheinisch-Westfälische Technische Hochschule de Aachen, Alemanha. Coordena o Núcleo de Estudos Avançados em Religião e Globalização, uma entidade interinstitucional apoiada pelo Pronex-Cnpq-Fapeg. Assessora movimentos sociais rurais e urbanos no Centro-Oeste. Gerado pelo Sistema Interlattes CV-Resumé
Publicado
2014-03-30
Como Citar
MOREIRA, A. DA S. Religião politizada contra violência institucionalizada: a Teologia da Libertação no imaginário religioso mundial. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 12, n. 33, p. 12-42, 30 mar. 2014.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier