Religião e fecundidade: uma análise do nível e padrão da fecundidade segundo grupos religiosos no Brasil em 2006.

Main Article Content

Angelita Alves Carvalho
Ana Paula de Andrade Verona

Resumo

Os estudos sobre a associação de fenômenos demográficos e religião têm mostrado que as instituições religiosas e a identidade religiosa dos indivíduos podem influenciar de várias maneiras o comportamento demográfico dos seguidores. Objetivou-se identificar e analisar os possíveis diferenciais no comportamento de fecundidade segundo religiões entre as mulheres de 15 a 49 anos no Brasil, incluindo análises a partir da conversão e frequência a cultos e cerimônias religiosas.  Para isso foram utilisados os dados da Pesquisa Nacional de Demografia e Saúde da Mulher e da Criança de 2006. Os resultados sugerem que realmente existem diferenças nas taxas de fecundidade segundo religiões, sendo que esses diferenciais também são verificados para aquelas mulheres que foram criadas sempre em uma mesma religião e para aquelas que mudaram de religião ao longo de seu período reprodutivo e também há diferenciais importantes nos níveis e padrão de fecundidade quanto à frequência na participação de cultos e cerimônias religiosas.

Article Details

Como Citar
CARVALHO, A. A.; VERONA, A. P. DE A. Religião e fecundidade: uma análise do nível e padrão da fecundidade segundo grupos religiosos no Brasil em 2006. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 12, n. 36, p. 1086-1113, 30 dez. 2014.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Angelita Alves Carvalho, Escola Nacional de Ciências estatísticas - IBGE

Doutora em demografia pelo CEDPLAR/UFMG, mestre em Estutos Populacionais e Pesquisa Social pela ENCE/IBGE, graduada em Economia Doméstica pela UFV. Atualmente é pesquisadora e professora da ENCE/IBGE

Ana Paula de Andrade Verona, Universidade Federal de Minas Gerais

Bacharel em Ciências Econômicas (2001) e mestre em Demografia (2004) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Doutora em Sociologia/Demografia pela Universidade do Texas (2010). Professora adjunta do departamento de Demografia e pesquisadora do Cedeplar desde 2012.