A precariedade existencial como condição essencial de compreensão para a experiência religiosa na contemporaneidade

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Daniel Toledo

Resumo

O presente artigo versa sobre a referência ontológica de fundo da experiência religiosa em geral e tem como objetivo evidenciar em que medida a nossa condição existencial de finitude é impositiva para se compreender as mais variadas formas de manifestações dos fenômenos religiosos que afloram na contemporaneidade. Para isso, partiremos da distinção entre uma concepção hermenêutico-fenomenológica da experiência religiosa em sua essência e as abordagens empíricas acerca das suas diversas configurações concretas. Ao cabo, tentaremos apontar que as possibilidades de apreensão dos fenômenos religiosos em geral são devedoras de um elemento existencial que nos é essencialmente constitutivo, a saber, a condição de precariedade do ser finito diante da abertura de sentido que o excede em seu horizonte de transcendência. Como contribuição geral, essa forma de compreensão apresentada deve vedar toda pretensão de tornar absoluto um sentido de fundo que deve permanecer em aberto enquanto a mais radical condição de possibilidade para o fenômeno religioso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
TOLEDO, D. A precariedade existencial como condição essencial de compreensão para a experiência religiosa na contemporaneidade. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 15, n. 46, p. 472-486, 30 jun. 2017.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Daniel Toledo, PPCIR-UFJF - PUC Minas

Ciência da Religião

Filosofia da Religião