O Santo e a Cidade: a pregação urbana de Santo António nos Sermões Medievais

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Eleonora Lombardo

Resumo

Este artigo intenta apresentar como a pregação de Santo António de Pádua está conectada com a cidade. Através de alguns exemplos tomados das legendas hagiográficas e sermões, o autor reconstrói as mudanças de atitudes de hagiógrafos e pregadores ligados a António algumas vezes a um contexto urbano geral e, em última medida, a cidade de Pádua. Em particular, o artigo se detém sobre alguns textos que destacam o efeito da pregação de Santo António no seu público-alvo, ou seja, a população da cidade em que falava. O período da análise é primariamente compreendido durante a canonização do santo, em meados do século XIV. Apesar disso, algumas referências a autores da época posterior serão feitas como comparação e aprofundamento da panorâmica oferecida. No final da Idade Média, santo António acabaria por ser, em certa medida, o modelo para os frades mendicantes, talvez atraídos pelos santos mais próximos no tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LOMBARDO, E. O Santo e a Cidade: a pregação urbana de Santo António nos Sermões Medievais. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 15, n. 48, p. 1274-1298, 31 dez. 2017.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Eleonora Lombardo, Universidade Nova de Lisboa / Post-doctoral fellow of the Gabinete de Filosofia Medieval – Faculdade de Letras da Universidade do Porto and of the Instituto de Estudos Medievais – Faculdade de Ciências Humanas e Sociais.

Doutora em História (Universidade de Padova), atualmente faz pós-doutorado no Inst. de Filosofia da Fac. de Letras da Univ. do Porto e no Centro de Invest. Transdisciplinar Cultura Espaço e Memoria Gabinete de Filosofia Medieval (Univ. do Porto), Portugal