Sociedade de São Vicente de Paulo: história e análise da sua crise de renovação institucional

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Itamar Ary Sacramento Santos

Resumo

O presente estudo teve como objeto a Sociedade de São Vicente de Paulo - SSVP, e visou analisar a crise institucional da associação, relacionando-a com a crise religiosa contemporânea, tendo em vista a dificuldade na admissão de novos quadros para a entidade, como também a complexidade da manutenção de seus membros. A motivação do trabalho foi compreender como a crise socioreligiosa contemporânea contribui para esse processo, valendo-se também da observação empírica nas reuniões, festas e eventos realizados pela instituição. Buscou-se ainda identificar alguns fatores externos e internos à instituição, e suas implicações, que estão contribuindo para esse desequilíbrio. Para isso, foi utilizado como método principal de coleta de dados a pesquisa bibliográfica, em fontes e documentos da SSVP, como a Regra e o Regulamento; boletins, revistas e atas da entidade, como também obras de autores que estudam a SSVP. Houve também, metodologicamente, a observação através da presença numa Conferência Vicentina, pertencente ao Conselho Central Sagrados Corações. Bibliograficamente, ainda foram analisadas algumas obras de pesquisadores que refletem sobre a realidade religiosa contemporânea, abordando temas como secularização, modernidade, pluralismo religioso, crise de sentido, transmissão religiosa, crise religiosa contemporânea, mobilidade social e religiosa e juventude, a fim de entender de que maneira tais temas podem ajudar na análise do catolicismo e, consequentemente, da crise institucional da SSVP. A dissertação procurou refletir sobre perspectivas e as novas demandas sociais que podem desafiar a entidade a dialogar com a sociedade contemporânea, especialmente com os jovens, oferecendo um horizonte de renovação e de futuro para o carisma da entidade. Para uma entidade centenária, se tornou difícil para os próprios vicentinos incluir seus familiares, sobretudo os próprios filhos, para o trabalho dentro da associação. A análise realizada confirmou a hipótese que realmente a entidade atravessa uma crise sem precedentes e que serão necessárias inovações, aberturas, estratégias e novas pedagogias, se houver interesse em mudar, enfrentar os desafios atuais e renovar a SSVP e seu carisma. Para isso, ela precisará contar com a força e o dinamismo da juventude e de seus membros e dirigentes. A pesquisa realizada no Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião da PUC Minas foi desenvolvida na Área de Concentração “Religião e Cultura” e na Linha de Pesquisa “Religião, Política e Educação”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS, I. A. S. Sociedade de São Vicente de Paulo: história e análise da sua crise de renovação institucional. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 16, n. 49, p. 405-407, 30 abr. 2018.
Seção
Dissertações e Teses/Dissertations and Theses (Resumo/Abstract)
Biografia do Autor

Itamar Ary Sacramento Santos, PUC Minas

Mestre em Ciências da Religião pelo PPG em Ciências da Religião da PUC Minas