“… El mundo retornará a su primer silencio.” Estudio sobre el silencio y el lenguaje en relatos apocalípticos judeo-cristianos

Cesar Octavio Carbullanca Nuñez

Resumo


O diálogo entre religião e literatura deve ser capaz de estabelecer as bases epistêmicas sobre as quais esse diálogo ocorre. Nesse sentido, a relação do texto com a cultura não é evidente e precisa ser explicada. O artigo parte das atuais teorias dos imaginários sociais e da construção social do silêncio, tentando chegar a um entendimento mais completo do texto apocalíptico da antiguidade judaica e cristã. A teoria dos imaginários traz tanto a questão subjetiva quanto a social do silenciamento; por outro lado, o silêncio e a linguagem são categorias presentes nas religiões, o que contribui para a discussão sobre a relação entre religião e literatura. Assim, o artigo tem uma pretensão teórica e descritiva. Na primeira parte, leva em conta uma teoria da construção social do silêncio, colocando em evidência o papel do silêncio na literatura. Em um segundo momento, mostra como o silêncio está presente em histórias apocalípticas e revela questões centrais do imaginário compartilhadas por esses textos.


Palavras-chave


imaginário; silêncio; apocalipse; merkaba; ascensão

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2018v16n51p1042

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: